Episódio de estreia de Hack The City acompanha o trabalho da fotógrafa Raquel Brust

Nova série do National Geographic conta a trajetória de personalidades desafiadas a encontrarem soluções para problemas existentes na cidade de São Paulo e resolvê-los através do design e da tecnologia. Tuesday, September 11, 2018

Por Redação National Geographic
A fotógrafa Raquel Brust é tema do episódio de estreia de Hack The City.

De forma contemplativa e emocional, Refugiados Invisíveis, o episódio de estreia da série Hack The City, nesta quarta (12/09), mostra o trabalho da fotógrafa Raquel Brust para encontrar um refugiado e retratá-lo no maior de todos os seus "Gigantos" até hoje: na lateral de um grande prédio na região central da cidade de São Paulo, por onde passam diariamente milhares de pessoas.

Porém, em vez de contar a parte triste da história, Raquel apresenta o outro lado da moeda, retratando um refugiado que, a despeito de ser arrancado de seu país pelo horror da guerra, deu a volta por cima em uma cultura completamente diferente e, em terras brasileiras, se tornou um grande exemplo de superação.

ver galeria

Em paralelo à execução do seu trabalho, que vai da pesquisa e do envolvimento com a história do retratado à aplicação dos lambe-lambes, passando pelo processamento das imagens no computador e a impressão de cada folha, contaremos a história da paixão de Raquel pela fotografia, e do fato de como a grandiosidade de São Paulo a fez sentir-se pequena e invisível.

Esta mesma cidade, porém, deu a ela o insight para a criação do projeto Giganto. O episódio aborda também o propósito do trabalho de Raquel e sua relação com a da Síria, onde chegou a gravar um documentário.

A série documental em quatro episódios, parceria da National Geographic com a Intel, acompanha a trajetória de personalidades que se desafiaram a encontrar soluções para problemas existentes na cidade de São Paulo e resolvê-los através do design e tecnologia.

Continuar a Ler