Skip to main content

COMO ESTAS CINCO CIDADES CRESCERAM

POR CLARE TRAINOR, JASON TREAT E KELSEY NOWAKOWSKI

Trilhos, estradas e desenvolvimento imobiliário são partes importantes na formácão física das cidades. Assim como a geografia. Para acompanhar como regiões metropolitanas se desenvolveram, o urbanista Shlomo Angel e seus colegas da Universidade de Nova York usaram mapas históricos e imagens de satélite para criar o Atlas da Expansão Urbana, um projeto de mapeamento online. O atlas define os parâmetros da cidade, incluindo toda a área construída além dos limites jurisdicionais da cidade e os municípios vizinhos.

INOVAÇÕES QUE FORMARAMAS CIDADES

FORTALEZAS

Canhões ameaçavam – até que os moradores desenvolveram paredes espessas e inclinadas capazes de resistir a explosões. Uma vez que os estados-nação tornaram os muros obsoletos, as cidades puderam se espalhar.

COMÉRCIO

As cidades portuárias floresceram. E, para transportar a carga ao interior, as linhas ferroviárias se estenderam das cidades para o interior, em todas as direções. Isso levou a padrões de desenvolvimento em forma tentacular.

VERTICALIZAÇÃO

Quando o elevador foi introduzido na década de 1850, as cidades ficaram mais densas e mais altas. As cidades puderam se espalhar ainda mais para os subúrbios quando carros e ônibus preencheram as lacunas do transporte que foram deixadas pelas linhas ferroviárias.

LOS ANGELES, ESTADOS UNIDOS

O empreendedor imobiliário Henry Huntington comprou terras nos arredores de Los Angeles no final da década de 1890. Ele então fundou a ferrovia Pacific Electric Railway para ligar os subúrbios espalhados. O sistema ferroviário, que operou de 1901 a 1961, impulsionou a expansão da cidade e, por um tempo, foi o maior sistema elétrico do mundo. Eventualmente, ele foi desmantelado e substituído por linhas de ônibus e carros, fazendo da expansão a regra.

Pacific Electric Railway em 1920

Expansão urbana por ano

2014

2000

1990

1980

1950

1920

OCEANO

PACÍFICO

1890

LONDRES, REINO UNIDO

Com a inauguração do metrô de Londres, em 1863, a cidade se espalhou para fora. A Lei dos Trens Baratos, de 1883, permitiu que pessoas da classe trabalhadora se mudassem de soturnos prédios de cortiços para os subúrbios cobertos pela ferrovia. Entre 1800 e 1900, a população passou de 1,1 milhão de pessoas para 6,5 milhões.

XANGAI, CHINA

O que antes fora uma cidade industrial compacta, com 12 milhões de pessoas em 1982, agora duplicou. A cidade se espalhou na década de 1980, quando o governo começou a abrir o país para investimentos estrangeiros. A pegada humana inchou tão rapidamente que a densidade populacional de Xangai diminuiu desde os anos 1990.

MANILA, FILIPINAS

Situada entre o mar e um lago, a cidade se expandiu em um eixo norte-sul. Desde 1950, quase 50% do crescimento da população urbana das Filipinas tem sido na área de Manila. Isso se intensificou de 1980 a 2000, quando quase todo o crescimento urbano ocorreu nos subúrbios da cidade.

LAGOS, NIGÉRIA

Depois de a Nigéria se tornar independente, em 1960, a produção de petróleo aumentou, trazendo pessoas e dinheiro para a capital. Agora, as zonas costeiras e pantanosas estão sendo drenadas para atender às demandas de desenvolvimento e aos novos moradores.

CLARE TRAINOR, JASON TREAT, KELSEY NOWAKOWSKI E LAUREN LEADMON
FONTES: SHLOMO ANGEL E ALEJANDRO BLEI, ATLAS DA EXPANSÃO URBANA, UNIVERSIDADE DE NOVA YORK; PACIFIC ELECTRIC RAILWAY; FUNDAÇÃO LOS ANGELES RAILROAD HERITAGE; COPYRIGHT OPENSTREETMAP CONTRIBUTORS, DISPONÍVEIS SOB LICENÇA DE BASE DE DADOS ABERTA: OPENSTREETMAP.ORG/COPYRIGHT