Conheça o homem que passou 10 mil horas sob a água

As imagens da vida marinha feitas por Brian Skerry ajudam a promover a conscientização e a conservação dos oceanos.

Por Patricia Edmonds
Publicado 4 de jun. de 2018 18:31 BRT, Atualizado 5 de nov. de 2020 03:22 BRT
explorador-brian-skerry-baleia
Nas Ilhas Auckland, na Nova Zelândia, Skerry capturou o encontro de seu assistente, Mauricio Handler, com uma baleia-franca-austral.
Foto de Brian Skerry, National Geographic Creative

O fotógrafo Brian Skerry, que passou mais de 10 mil horas debaixo d'água explorando os oceanos do mundo com uma câmera, recebeu o prêmio Rolex National Geographic Explorer of the Year de 2017.

O prêmio é dado a indivíduos que fazem descobertas científicas e as compartilham para beneficiar o mundo e é apresentado pela Rolex, que recentemente assinou uma parceria com a National Geographic para apoiar a exploração.

O objetivo de Skerry é criar "imagens que celebram o mar, mas que destaquem os problemas ambientais".

Skerry, de 55 anos, é conhecido internacionalmente por suas imagens de vida selvagem e de ambientes submarinos. Fotógrafo da National Geographic há duas décadas e pesquisador da entidade desde 2014, Skerry atualmente trabalha em sua 25ª reportagem para a revista.

“As imagens feitas por Brian contam histórias que celebram o mistério e a beleza do oceano, ao mesmo tempo em que chamam a atenção para as questões que o ameaçam”, diz Gary E. Knell, presidente e Diretor Executivo da National Geographic Society. De acordo com Knell, para capturar essas imagens, “Brian viveu no fundo do mar, passou meses a bordo de barcos de pesca e viajou em tudo, de snowmobiles ao dirigível da Goodyear”.

Skerry é membro fundador da Liga Internacional de Fotógrafos de Conservação, dá palestras sobre fotografia e conservação e é autor de dez livros.

A Rolex e a National Geographic são colaboradoras de longa data do prêmio Explorer of the Year, que é apresentado todo mês de junho durante o Explorer’s Festival realizado pela National Geographic Society em Washington, D.C.

“Queremos que nossas famílias, e nossas futuras gerações, possam desfrutar e contar com nossos oceanos. Isso é o que motiva Brian”, diz Knell. “Trata-se de dar voz ao mar e às suas criaturas, muitas das quais estão em perigo”.

Continuar a Ler

Você também pode se interessar

Perpetual Planet
Os bastidores de um encontro com um crocodilo
Perpetual Planet
Ela lutou pela criação de um santuário de tubarões. Mas ele funciona?
Perpetual Planet
As “estupas de gelo” que podem irrigar o Himalaia
One Strange Rock
Conheça a cidade mais fria do mundo
Portfólio
Conheça os caçadores de baleia do norte do Alasca

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados