Viagem e Aventura

Lugares incríveis para assistir ao pôr do sol ao redor do mundo

Nossos leitores recomendam os melhores destinos para viver essa hora especial.Thursday, August 23, 2018

Por Kelly Barrett
O pôr do sol emoldura o horizonte da cidade de Nanquim, à beira do lago Ziwu, na China.

Não importa que horas são, há alguém no mundo neste exato momento assistindo a um pôr do sol. Esse momento é, talvez, nosso espetáculo aéreo mais universalmente adorado, mesmo que ele aconteça de formas tão diferentes ao redor do planeta. Um sol poente visto de uma tundra parece bem diferente de um que ilumina um lago, e as nuvens, a qualidade do ar, o tempo e as estações podem mudar por completo cada cenário. O fenômeno inspira artistas, faz com que parques nacionais compitam entre si e nos convence a parar por um momento para apreciar a dramática transição do dia para a noite.

Nós recentemente perguntamos aos nossos leitores onde eles testemunharam os mais impressionantes sóis poentes e diversas respostas chegaram da comunidade do Facebook do site americano. Nós apreciamos milhares de fotos pessoais de cenários coloridos ao redor do mundo, que nos lembraram de pausar, olhar e aproveitar o show da natureza. Aqui estão algumas das recomendações de nossos leitores para inspirara você a ir até esses cenários de tirar o fôlego.

Hampi, Índia

“Entre todos os lugares que eu visitei, este é um dos meus favoritos: Hampi, na Índia, um dos Patrimônios Mundiais da Unesco. Aqui ficam as Anjani Hills, o berço do deus Hanuman. é preciso subir aproximadamente 570 degraus para alcançar o pico e ver o pôr do sol. O local também é extremamente sereno com menos visitantes, onde posso sentar e apreciar o quieto sol poente.” — Souptik Datta

Nuvens coloridas sobrevoam o campo histórico de Cape Spear em Newfoundland, Canadá.

Saskatchewan, Canadá

“Eu viajei por todo o mundo e vi muitos pores do sol lindos. Mas eu ainda estou para assistir um que supere aqueles de Saskatchewan, no Canadá. Eles não a chama de “Terra dos Céus Vívidos” por nada!” — Celeste Sabourin

Cabo Ferret, França

“Dunas e florestas sem fim. Nenhuma construção ao longo da costa por quilômetros. A grande duna de Pilat, os bancos de Arguin e extenso oceano Atlântico. Até mesmo entardeceres nebulosos que vão até muito tarde no verão (depois das 10h da noite!) trazem os mais lindos sóis poentes. Você consegue até mesmo ver aqueles raios sutis verdes.” — Nathalie Andrault

Davis Mountains, Texas, Estados Unidos

“Em uma noite de junho no oeste de Texas, eu estava dirigindo de Seattle para Corpus Christi, bem desanimada por estar deixando para trás o nordeste pelo que me parecia ser uma terra sem nenhum futuro. Então, em algum lugar perto das Davis Mountains, eu entrei no paraíso. Eu gostaria de ter uma foto daquele pôr do sol espetacular. Mas tenho uma imagem dele todos os dias à minha disposição na minha mente.” — Anna Maria

Ilha Phú Quốc, Vietnã

“As cores são tão surreais (azul céu, amarelo, rosa). No caminho para a baía de Há Long, eu senti como se estivesse em um paraíso marinho. É exatamente como uma pintura surreal do navio que eu vi em algum lugar.” — Diep Naguyen

Colorado Springs, Colorado, Estados Unidos

“Eu já estive em todo o mundo e não há melhor lugar que Colorado Springs, no Colorado. Eu tiro fotos tão bonitas. E todo pôr do sol é diferente.” — Jeanne Roberts

O brilho do sol ilumina as falésias em Navajo Point.

Victoria Falls, Zimbábue e Zâmbia

“Fora de Victoria Falls, no Zimbábue, e ao longo do rio Zambezi, com hipopótamos e elegantes caminhando pelos campos.” — Katie Brazier

Grand Canyon, Arizona, Estados Unidos

“Na beira norte do Grand Canyon, durante tempestades de verão, as nuvens marcham durante longas tardes como um batalhão de tanques fofos e brancos, alguns do tamanho de países europeus. Elas refletem as cores do desfiladeiro e mudam em um milésimo de segundo de um leve tom cinzento para laranjas quase neons ou profundos roxos. Então, o relâmpago vem e ricochetei aquele poderoso trovão por todas as paredes da formação. É muito emocionante sentar (ali dentro) e assistir ao pôr do sol à medida que ele ilumina as enormes nuvens e ilumina o Grand Canyon de formas que nenhuma luz artificial poderia simular. Eu nunca esquecerei como foi maravilhoso poder ver aquele show de luzes todas as noites de verão em que trabalhei na beira norte.” — Dana Dahl.

Continuar a Ler