Animais

Talvez você não saiba o que é uma pantera negra de verdade

Enquanto o super-herói de mesmo nome bate recordes de bilheteria, aprenda mais sobre esses incompreendidos grandes felinos.Monday, February 19, 2018

Por Liz Langley
Onça-pintada preta em um lago no Brasil. As onças pretas também são conhecidas como panteras negras, um termo guarda-chuva para qualquer grande felino com coloração preta.

Enquanto telespectadores ao redor do mundo se maravilham com o novo filme de super-herói Pantera Negra, nós aqui d National Geographic queríamos compartilhar alguns fatos sobre esses fascinantes felinos da vida real.

Primeiro as coisas mais importantes: uma “pantera negra” não é o nome da espécie. É um termo abrangente que se refere a qualquer grande felino com pelo preto.

A condição é causada pelo gene agouti, que regula a distribuição do pigmento preto dentro da haste do pelo, de acordo com a Universidade da Califórnia em Davis. É mais conhecido nos leopardos, que vivem na Ásia e na África, e nas onças-pintadas, habitantes da América do Sul.

De acordo com o Big Cat Rescue, a coloração vem de uma melanina excedente, o mesmo pigmento responsável pelo bronzeado, e um animal com essa condição é conhecido como “melânico.”

Além disso, só porque as panteras negras têm uma cor escura não significa que elas não tenham pintas, elas só são mais difíceis de serem vistas. (Veja também: Você sabe diferenciar uma onça de um leopardo?)

“Quando a pele delas reflete a luz solar de certa maneira, você consegue ver muito bem as pintas. Com a distância ou se não tem luz solar diretamente nelas, elas apenas parecem um animal todo preto,” disse Patrick Thomas, curador geral do Zoológico do Bronx, da Sociedade de Conservação da Vida Selvagem, lar de duas panteras negras.

“Panteras negras são mais comuns na Ásia do que na África,” disse Thomas, “mas eu não diria que elas sejam comuns em nenhum lugar”.

As pintas estão na moda?

Uma pele preta não seria uma vantagem para caçadores noturnos e, por isso, mais comum? Segundo Thomas, a resposta é não.

“É mais fácil para as outras espécies localizarem um animal de uma cor só do que aqueles cujas pintas são aparentes,” ele disse.

“Então, um tigre com as tiras ou um leopardo, uma onça-pintada, ou um guepardo com as suas pintas são mais difíceis de serem vistos em uma vegetação manchada do que um animal com uma cor só.” (Veja imagens dos animais mais raros do mundo)

Além disso, Thomas diz que se trata de uma concepção errada achar que os grandes felinos são exclusivamente animais noturnos.

“Eles são muito oportunistas,” ele disse. “Se há uma oportunidade para caçar durante o dia e eles estão com fome, eles caçarão.”

Também, se “você está caçando quando está claro, há uma vantagem de ter o seu corpo cheio de um pelo pintado do que um pelo de uma cor só.”

Outras espécies de felinos selvagens também têm melanismo. Um estudo de 2012 do PLOS ONE observou que o fenômeno já foi documentado em 13 espécies de felinos, mas Thomas acrescenta que ele não conhece nenhum caso de leões e tigres que tenham essa condição.

Uma pena... leões e tigres pretos seriam belos animais.

Continuar a Ler