Superlua de morango: o que é e por que se chama assim

A Superlua de morango poderá ser vista durante esta noite. Descubra todas as informações e recomendações para desfrutar deste fenômeno astronômico único.

Lua Cheia nasce no território de Yukon, Canadá.

Foto de Paul Nicklen
Por Redação National Geographic
Publicado 13 de jun. de 2022 16:01 BRT, Atualizado 14 de jun. de 2022 14:27 BRT

Na noite desta terça-feira, 14 de junho, o satélite natural da Terra irá aparecer maior e mais brilhante no céu. O motivo é o fenômeno conhecido como Superlua. E por ser a primeira Lua cheia de junho, ela é conhecida como Superlua de Morango, cujo nome tem origem nos antigos povos norte-americanos. 

Nesse dia a Lua, que estará na sua fase cheia, irá aparecer no céu cerca de 17% maior e 30% mais brilhante do que o normal, de acordo com a Nasa. Mas, se a observação não for atenta, pode ser que nem se possa perceber a diferença, diz a astrofísica Beatriz Garcia, pesquisadora do Conselho Nacional de Pesquisas Científicas e Técnicas da Argentina (Conicet). 

Agora, o que é a Superlua de Morango? Por que ela ocorre? E como contemplá-la sem perder nenhum detalhe? Especialistas consultados pela National Geographic respondem a seguir.

O que é uma Superlua? 

“Tudo é questão de uma coincidência de ciclos”, diz Roberto Dell'Aglio Dias da Costa, professor do departamento de astronomia da Universidade de São Paulo (USP). O evento conhecido como Superlua acontece quando a fase de Lua cheia coincide com o seu perigeu, ou seja, quando a Lua atinge seu ponto mais próximo da Terra durante sua órbita. 

“A órbita da Lua ao redor do nosso planeta é elíptica, que é uma forma mais oval do que circular. Isso faz com que haja momentos em que a Lua está mais perto da Terra e momentos em que ela está mais longe”, explica Dias da Costa. 

De acordo com a Nasa, a distância entre a Terra e seu satélite natural varia de 360 mil a 400 mil km. O ponto mais próximo que a Lua atinge é chamado de perigeu, o mais distante, apogeu. 

Segundo Dias da Costa, não é raro a Lua estar em uma dessas duas posições. “Isso acontece uma vez a cada 28 dias, mais ou menos, que é o tempo do ciclo lunar”, explica o professor. Mas isso não quer dizer que há uma Superlua toda vez que o satélite atinge o perigeu – ela também deve estar cheia. “A Superlua é a Lua cheia durante o perigeu. Da mesma forma, uma Lua cheia no apogeu é uma Microlua.”

Você pode se interessar neste video:

O que é uma superlua?
A superlua ocorre quando a lua cheia está no ponto da sua órbita mais próximo à Terra. Esta posição da lua, em qualquer uma de suas fases, é chamada de perigeu. Normalmente, acontece  uma vez a cada 14 meses. Então, fique de olho para não perder uma visão estonteante da lua.

Superlua de Morango: por que ela é chamada assim? 

Segundo Dias da Costa, qualquer Lua cheia que coincida com o ponto de perigeu é chamada de Superlua. Porém, por ser a primeira Lua cheia de junho, desta vez o fenômeno também é conhecido como Superlua de Morango.

O nome não tem a ver com a cor ou formato da Lua. Mas, segundo Beatriz Garcia, não é errado dizer que a nomenclatura tem relação com morangos. “Na verdade, o nome está ligado à agricultura do Hemisfério Norte, atribuída à época do ano em que povos antigos que viviam onde hoje são os Estados Unidos e o Canadá viam os morangos florescerem.”

Hoje em dia, o nome é apenas uma associação a essa cultura antiga para chamar atenção e deixar a população atenta ao fenômeno, diz Garcia. “O próprio termo ‘Superlua’ foi proposto por astrônomos para causar mais impacto social e facilitar a comunicação do evento. Foi eficiente porque agora todos sabem quando a fase cheia acontece em perigeus", diz ela. "Adicionar a relação com os morangos é mais uma forma de aproximar a astronomia da população."

A Superlua de Morango tem cor de morango: mito ou verdade?

Garcia alerta aos observadores para não ter expectativas de que a Superlua desta terça apareça com uma cor diferente. Apesar do nome, a Lua continuará branca no céu. “Pelo nome, algumas pessoas podem acreditar que a Lua aparecerá rosa ou algo do tipo. Mas não é verdade. O que muda é o tamanho e o brilho aparente da Lua no céu, a cor será a mesma de sempre.”

Ainda segundo Garcia, o nome que se dá a alguns momentos específicos da Lua pode confundir as pessoas e causar decepção. Como, por exemplo, a Lua Azul ou a Lua de Sangue. “Você não vai ver uma Lua de cor azul ou cor de sangue. Mesmo durante um eclipse, que vemos ela com um tom mais alaranjado ou vermelho, mas nunca muito distante do branco original.”

Quando e como ver a Superlua de Morango

De acordo com os especialistas, para ver a Superlua de 14 de junho basta olhar para o céu depois do pôr-do-sol. Mas pode ser que não seja possível notar as diferenças entre a Superlua e uma Lua cheia normal. 

“A olho nu, sem fazer medições ou comparar com Luas cheias anteriores, é difícil perceber que ela está maior”, diz Garcia. O brilho diferenciado será mais fácil de notar, mas ainda é possível que observadores se frustrem. “Mesmo que a Lua chegue ao máximo de brilho possível (30% a mais do que a média), ainda pode não ser o suficiente para que se note a diferença. O ideal é ter como comparar."

Mesmo assim, a Superlua de Morango deve fornecer uma linda visão para quem a vê da Terra. “Como toda Lua cheia, ela vai estar bela no céu e, se não estiver nublado, permitirá uma ótima observação”, afirma o professor Dias da Costa. “Para astrofotógrafos, por exemplo, pode ser um dos melhores dias para fotografar o satélite."

A Superlua de Morango poderá ser observada durante toda a noite e madrugada do dia 14 para 15 de junho. Seu ponto mais bonito, segundo Dias da Costa, será logo depois dela nascer, quando estará grande e próxima do horizonte.

Continuar a Ler

Você também pode se interessar

Espaço
Veja imagens da "superlua azul de sangue" pelo mundo
Espaço
O que é uma superlua?
Espaço
Eclipse lunar de maio de 2022: quando, onde e como observá-lo
Espaço
Eclipse lunar de 15 de maio: como observar a Lua de Sangue
Espaço
Eclipse solar: o que é, como e quando ver?

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados