O que é Lua do Lobo?

Nomenclatura especial ocorre anualmente apenas no mês de janeiro e tem uma série de significados.

Lua cheia sobre o Lago Saint Mary no Parque Nacional Glacier de Montana, Estados Unidos.

Foto de Keith Ladzinski
Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 3 de jan. de 2023, 13:33 BRT

A Lua do Lobo é vista todos os anos somente em janeiro, como explica a Nasa. A agência espacial norte-americana informa que este nome é dado para a Lua cheia sempre no primeiro mês do ano, seguindo o que foi apresentado pela primeira vez pela publicação Maine Farmers' Almanac

O almanaque é considerado uma fonte confiável pela Nasa por ser publicado anualmente nos Estados Unidos desde 1818 apresentando informações sobre o clima. O Farmer’s Almanac passou a publicar nomes nativos norte-americanos para cada Lua cheia a partir da década de 1930 –  e um deles foi a designação Lua do Lobo.

Esta fase da Lua recebeu a nomenclatura em questão por ocorrer em uma época na qual matilhas de lobos eram ouvidas uivando fora das aldeias, em meio à neve, nas noites frias do inverno norte-americano em janeiro, conforme explica a Nasa.

Já uma Lua cheia, por definição, ocorre quando o satélite da Terra está oposto ao Sol, revelando o lado diurno dele. Em 2023, a Lua do Lobo ocorrerá na noite do dia 6 de janeiro.

(Veja também: O que é a "lua negra" e com que frequência ela ocorre?)

Os outros nomes da Lua do Lobo

A Lua do Lobo, informa a Nasa, também recebeu outras nomenclaturas populares ao longo dos anos, dependendo da região que se refere a ela. 

Ainda de acordo com a agência espacial, a primeira Lua cheia de janeiro também pode ser chamada de Lua do Gelo; Lua após o Yule; Lua Velha; Shakambhari Purnima; Paush Purnima; Lua do Festival Thaipusam; Lua do Festival Ananda Pagoda; Duruthu Poya; e, por fim, Lua Cheia de Tu B'Shevat. E as explicações para todas essas designações são as mais diversas.

Filhote de lobo ártico na tundra. Ilha Ellesmere, Nunavut, Canadá.

Filhote de lobo ártico na tundra. Ilha Ellesmere, Nunavut, Canadá.

Foto de Ronan Donovan

Em uma parte da Europa, por exemplo, a tradição era chamar a Lua do Lobo de Lua após o Yule, em referência a um festival de inverno de três dias típico dos povos germânicos. Na Inglaterra, ainda de acordo com o site da Nasa, ela já recebeu a nomenclatura de Lua Velha.

O calendário hindu também traz outros nomes para a Lua do Lobo, como é o caso da designação Shakambhari Purnima, informa a agência espacial norte-americana. 

Este nome também é dado ao último dia do feriado de oito dias de Shakambari Navratri, data que celebra Shakambhari, considerada a deusa da nutrição indiana, responsável por trazer comida a todas as pessoas. 

A Lua do Lobo ainda recebe nomes distintos que estão relacionados a eventos que ocorrem em Myanmar e Sri Lanka. Ou seja, dependendo do país ou da cultura, esse mesmo evento astronômico pode soar de forma diferente, ainda que todas estas formas de chamar se refiram à primeira Lua cheia de janeiro.

loading

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2023 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados