A colombiana Griselda Blanco atuou no mundo do crime comandando uma cadeia de tráfico de drogas ...

Quem foi Griselda Blanco? Veja 7 fatos sobre sua vida

A história da colombiana Griselda Blanco envolve tráfico de drogas e outros crimes, a ponto de ela ser conhecida como “a chefe” e ter sua trajetória narrada em livros, filmes e séries.

A colombiana Griselda Blanco atuou no mundo do crime comandando uma cadeia de tráfico de drogas e também se envolvendo com assassinatos. Segundo a polícia, acredita-se que ela é a responsável pela morte, inclusive, de seus ex-maridos. 

Foto de Shaul Schwarz
Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 2 de fev. de 2024, 13:50 BRT

Também conhecida como "a chefe", "a madrinha" ou "a viúva negra", Griselda Blanco foi uma traficante de drogas colombiana que construiu um opulento e lucrativo negócio de drogas nos Estados Unidos, como detalha um artigo sobre ela na National Geographic Espanha.

Personagem conhecida na Colômbia, ela acabou morando nos Estados Unidos quando se mudou para Nova York aos 21 anos de idade, acompanhada de um namorado que falsificava documentos. A partir deste momento, começou uma caminhada no mundo do tráfico de drogas

Conheça, a seguir, 7 fatos que ajudam a explicar porque a figura de Griselda Blanco gera curiosidade e como sua trajetória no crime acabou inspirando livros e obras audiovisuais. 

1. Como foram os primeiros anos de Griselda Blanco?

Griselda Blanco nasceu em 1943 na Colômbia, embora o local exato seja desconhecido. Algumas fontes colocam seu local de nascimento como sendo em Santa Marta, e outras em Cartagena das Índias, conta o artigo de NG Espanha

Segundo o texto, sua relação com atividades criminosas começou cedo. Aos 11 anos de idade, ela teria colaborado com o sequestro de uma criança, que acabou morta depois que a família se recusou a pagar o resgate. Desde então, Griselda se envolveu também em pequenos furtos, detalha o artigo espanhol.

2. Como Griselda Blanco se tornou "a chefe"

Aos 21 anos de idade, Griselda emigrou para Nova York, nos Estados Unidos acompanhada de com Carlos Trujillo, um homem que gostava de falsificar documentos, com quem se casou durante a adolescência. 

No entanto, o romance não durou e eles se divorciaram. De acordo com a Encyclopaedia Britannica (plataforma de conhecimento do Reino Unido), acredita-se que ela tenha ordenado o assassinato de Trujillo alguns anos depois de se separarem.

Após o fim de seu primeiro casamento, no início da década de 1970, Griselda conheceu Alberto Bravo, que se tornou seu segundo marido e que a introduziu no tráfico de drogas, afirma o artigo da National Geographic Espanha. Juntos, eles se mudaram para Miami e criaram uma operação extensa e altamente lucrativa.

Blanco, especificamente, ganhou notoriedade nas décadas de 1970 e 1980 por enviar carregamentos de várias toneladas de cocaínada Colômbia para Miami, como conta o livro “Organised Crime and Gender: Issues in the United Nations Convention against Transnational Organized Crime” (“Crime Organizado e Gênero: Questões da Convenção das Nações Unidas contra o Crime Organizado Transnacional”, em tradução livre), publicado em 2022.

Estima-se que, durante esse período, Griselda arrecadou milhões de dólares por mês, o que lhe permitiu viver uma vida de luxo, de acordo com o artigo espanhol. Nesta mesma época, ela se tornou a pessoa mais temida na liderança do narcotráfico, o que lhe rendeu alguns apelidos de "a chefe", "a rainha" e "a madrinha" da cocaína.

3. Os filhos de Griselda Blanco

De acordo com um relatório do Departamento de Justiça dos Estados Unidos publicado em 1993, Blanco criou sua organização com base em uma certa família mafiosa retratada em um longa-metragem de sucesso na década de 1970. 

Usando este famoso filme de máfia como inspiração, ela ficou popularmente conhecida como "A madrinha" e usou o nome de um dos personagens para batizar o mais novo de seus filhos.

Griselda Blanco teve quatro filhos: Uber, Dixon e Osvaldo, de seu relacionamento com Carlos Trujillo; e Michael Corleone Blanco, de seu relacionamento com Darío Sepúlveda.

De acordo com uma notícia publicada pela BBC, seus três filhos mais velhos foram assassinados enquanto Griselda cumpria pena encarcerada.

Uma das medidas tomadas por Griselda Blanco para traficar cocaína sem ser descoberta - como acontece ...

Uma das medidas tomadas por Griselda Blanco para traficar cocaína sem ser descoberta - como acontece nas batidas policiais em bagagens suspeitas nos aeroportos do mundo todo - era usar lingeries com compartimentos secretos nos quais a droga ficava escondida.  

Foto de Jodi Cobb

4. Como funcionava a “mente criativa” de Griselda para o crime

Embora Alberto Bravo seja quem introduziu “a chefe” no mundo do narcotráfico, foi a criatividade de Griselda Blanco que contribuiu para o crescimento desse empreendimento ilícito

De acordo com o documento da Organização das Nações Unidas (ONU), a colombiana criou lingeries com compartimentos secretos nos quais ela poderia esconder cocaína e traficá-la por meio dessas peças sob o disfarce de um negócio legítimo de roupas, por exemplo.

5. A extensa lista de crimes de Griselda Blanco, “a Madrinha” 

Em 1975, a líder do tráfico de drogas foi acusada em Miami de "conspirar para fabricar, contrabandear e distribuir cocaína nos Estados Unidos", revela o documento das Nações Unidas. 

No entanto, Griselda conseguiu escapar da Justiça: ela voltou para a Colômbia e viveu por lá ainda um bom tempo usando nomes e documentos falsos para se esconder das autoridades.

Enquanto estava no país latino-americano, Blanco acreditava que seu marido roubava dinheiro dela. De acordo com a Britannica, por esse motivo Griselda se envolveu em um tiroteio com Alberto Bravo e ele acabou morto. "Fazendo jus ao seu apelido de 'viúva negra', mais tarde ela supostamente também matou seu terceiro marido", relata a enciclopédia.

Já conhecida na época como uma famosa traficante de drogas, Griselda retornou a Miami no final da década de 1970, onde retomou a consolidação de seu império, especialmente a partir de 1980.

"Buscando eliminar a concorrência, ela demonstrou uma crueldade aberta, que mergulhou a cidade de Miami em um período de violência conhecido como 'Cocaine Cowboy Wars'. Segundo consta, ela ordenou vários assassinatos, muitos deles cometidos por pistoleiros em motocicletas, uma prática que ela teria inventado", relata a Britannica

Entretanto, a intensa vigilância das autoridades locais e a tensão com seus inimigos a forçaram a deixar a cidade e ir para a Califórnia em 1984.

6. Afinal, quando Griselda Blanco foi presa?

Um ano depois, em 1985, a criminosa foi presa e levada para Nova York, onde teve que enfrentar acusações de tráfico de drogas que estavam pendentes há cerca de uma década. Lá, de acordo com a ONU, ela foi condenada e sentenciada à prisão.

Apesar de estar presa, o negócio de drogas de Griselda Blanco continuou a funcionar e, durante toda a sentença, as autoridades tentaram acrescentar mais acusações a seu processo, como conta o artigo espanhol. O documento de 2022 confirma que, além de seus crimes ligados ao tráfico de drogas, a colombiana é considerada a mentora de inúmeras mortes.

De fato, em 1994 Griselda Blanco ainda foi acusada de ordenar três assassinatos na região de Miami. As mortes (incluindo a de um menino de 3 anos) ocorreram em 1982, explica a ONU.

Blanco finalmente se declarou culpada em 1998 em troca de uma sentença reduzida e, seis anos depois de cumprir pena em uma prisão norte-americana, ela foi libertada e deportada para sua Colômbia, em 2004. Por lá viveu ainda mais oito anos, quando foi baleada e morta.

7. Quando Griselda Blanco morreu?

De acordo com a National Geographic espanhola, a líder do tráfico de drogas que chegou a ser bastante poderosa morreu em 3 de setembro de 2012. Na época, "a chefe" estava saindo de um açougue na cidade de Medellín, na Colômbia, quando um homem desconhecido em uma motocicleta atirou nela.

Hoje, Blanco é reconhecida como uma das poucas mulheres a alcançar tal poder no mundo das drogas. Sua história inspirou livros, filmes e programas de televisão.

loading

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2024 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados