Meio Ambiente

De Pucallpa a Cruzeiro do Sul

Projeto de rodovia entre Ucayali, no Peru, e Acre evoca fantasmas da bioceânica, obra viária construída pela Odebrecht que desencadeou escândalos de corrupção e desmatou 117 mil hectares de floresta no lado peruano.

Vista aérea da floresta do Parque Nacional da Serra do Divisor, no Acre. Mâncio Lima (AC), 05/11/2020.

Foto de Lalo de Almeida/Folhapress

Um novo projeto de rodovia na Amazônia pode atravessar um dos parques de maior biodiversidade do Brasil, cortando pela metade os territórios de dez comunidades indígenas do Peru e se tornando uma ponte para as atividades ilegais de madeireiros e narcotraficantes. A rodovia, que pretende ligar Cruzeiro do Sul (Brasil) a Pucallpa (Peru), é promovida pelo governo de Jair Bolsonaro e pelo governo regional de Ucayali e evoca inevitavelmente o fantasma da bioceânica, uma cara obra viária construída pela empresa brasileira Odebrecht, cujo objetivo era promover o comércio entre os dois países, mas acabou sendo investigada pela má gestão na sua execução, além de ter desencadeado o desmatamento de 177 mil hectares de floresta nativa no lado peruano.

 

Para contar toda a história por trás dessa nova tentativa de conexão, duas equipes jornalísticas percorreram parte do traçado proposto para a via, em ambos os lados da fronteira. No Brasil, navegamos 16 horas pelo Rio Moa para chegar ao Parque Nacional da Serra do Divisor e conversamos com as populações indígenas e tradicionais que vivem no seu interior e entorno. Do lado peruano, percorremos o rio Abujao para visitar quatro comunidades indígenas que vivem atemorizadas pela presença de narcotraficantes e que garantem que estes assumiram o controle do território. Em meio a essa paisagem, uma obra viária se impõe sob o pretexto de desenvolvimento econômico. Por que construir uma rodovia no meio da Amazônia, se tudo indica que só trará desmatamento, tráfico de drogas, perda da biodiversidade e mineração ilegal?

 

 

Repórteres e fotógrafos estiveram em campo entre outubro de 2020 e janeiro de 2021 e as reportagens especiais, que podem ser acessadas abaixo, narram o que viram na fronteira entre Peru e Brasil.

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2017 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados