Animais

Por que seu cão enlouquece durante tempestades e trovoadas - e o que fazer

Analisamos os possíveis motivos que causam a ansiedade e o estresse nos animais quando chove e damos pistas de como acalmá-los. Quinta-feira, 3 Maio

Por Liz Langley

Quem tem um cachorro em casa sabe o quanto o animal se assusta durante as tempestades e trovoadas. Por que isso ocorre? Analisamos o que causa a ansiedade canina e como aliviar o estresse deles nos dias chuvosos.

Sinais de ansiedade em cães são "orelhas para trás, cauda para baixo, olhos arregalados, respiração ofegante e bocejos", diz Terry Curtis, especialista em comportamento clínico da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade da Flórida.

Às vezes, o pânico deles aumenta para níveis perigosos durante tempestades. "Vi casos em que o cão cavou as paredes, destruindo o drywall", diz Curtis. "Outro cachorro pulou através de uma porta de vidro deslizante." Então, por que isso acontece?

Ruídos impactantes

A queda da pressão barométrica, que os cães podem sentir, combinada com o escurecimento do céu, o vento e o ruído do trovão podem causar reações terríveis nos cães.

Alguns cães têm aversão a ruídos, o que pode provocar desconforto ou mesmo fobia diante de sons altos.

O acúmulo estático em seus pelos é outra explicação provável, diz Nicholas Dodman, especialista em comportamento veterinário da Universidade Tufts e diretor científico do Centro de Estudos de Comportamento Canino.

Cachorros de grande porte, e também aqueles com pelos longos ou duplos, acumulam facilmente a eletricidade estática, o mesmo que ocorre quando vestimos um suéter ou levamos um choque na porta do carro se não estivermos usando sapatos com sola de borracha, diz ele.

Um cão já nervoso durante tempestades pode sofrer outro choque ao tocar seu nariz em um objeto de metal. Assim, um leve desconforto poderia aumentar a fobia, diz Dodman.

Kelly Ballyntyne, professora assistente da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Illinois, diz que é difícil testar se o acúmulo de estática causa ansiedade em cães.

Os narizes incríveis de nossos cães podem "apenas estar cheirando as mudanças no ambiente, prevendo que uma tempestade está chegando", diz ela.

Além disso, "há um pouco de evidência de que pode haver algumas predisposições genéticas para os animais desenvolverem a fobia sonora", como ocorreria com os border collies e os pastores australianos.

Acalmando o bicho

Enquanto tratava cães com fobia de tempestades, Dodman notou que muitos deles procuram esconderijos que têm aterramento contra choques elétricos, como banheiras, jacuzzis ou atrás da caixa da privada no banheiro.

Curioso sobre esse comportamento estranho, ele começou informalmente perguntando aos donos onde seus cães se escondiam, e metade deles disse no banheiro. Um pastor alemão de 80 quilos até pula para dentro da pia, diz ele.

Curtis e Dodman recomendam que os proprietários comprem uma roupa anti-estática para manter o cão calmo, e Dodman acrescenta que esfregá-los com uma folha anti-estática também ajuda. Roupinhas confortáveis também podem ser uma boa opção.

Ballyntyne sugere que os donos dos cães gravem seus cães enquanto estão longe, procurando por sinais como ritmo, respiração ofegante e inquietação. Esses comportamentos podem revelar uma leve ansiedade por causa da separação que é exacerbada por tempestades.

Ela também aconselha deixar o animal decidir onde ele se sente seguro e, em seguida, tornar a área mais confortável, adicionando máquinas de ruído branco, para amortecer o ruído do trovão, ou azulejos acústicos para isolamento acústico.

E todos os especialistas concordaram que um veterinário pode prescrever medicação, se necessário.

"Se o cão está em pânico", diz Ballantyne, a medicação anti-ansiedade "irá melhorar muito a qualidade de vida dele".

Continuar a Ler