Macaco sagui: 5 curiosidades sobre o menor primata do planeta

O animal se destaca por seu tamanho, mas também pela expressividade facial. Saiba sobre o seu habitat e qual é sua dieta.

Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 24 de out. de 2022 11:13 BRT
Saguis comuns, Callithrix jacchus, na Universidade de Nebraska, Omaha.

Saguis comuns, Callithrix jacchus, na Universidade de Nebraska, Omaha.

Foto de JOEL SARTORE NATIONAL GEOGRAPHIC PHOTO ARK

O macaco sagui é conhecido por ser um animal de pequeno porte. Também conhecido como sagui-pigmeu ou macaco de bolso (Cebuella pygmaea), ele é o menor primata do planeta, informa o Zoológico Aquário de Madri em seu site oficial.

1. Quanto mede o macaco sagui

Seu corpo, sem contar a cauda, ​​mede entre 14 e 16 centímetros, ou seja, cabe na palma de uma mão. Segundo o Zoológico de Madri, a cauda atinge entre 15 e 20 centímetros e serve para o equilíbrio.

2. Quanto pesa o macaco sagui

A entidade madrilenha também revela que o macaco sagui não ultrapassa os 140 gramas de peso. 

3. Onde habita o macaco sagui

Este pequeno animal é nativo das florestas do Brasil, Colômbia, Equador e Peru, informa a União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN, na sigla em inglês). 

“Eles vivem nas partes mais altas das árvores e gostam de fazer seus ninhos nas bordas dos galhos, onde seus predadores não podem alcançar”, acrescenta o zoológico.

Você pode estar interessado na seguinte fotogaleria "9 animais com rostos que só as mães deles devem gostar": 

4. Como o macaco sagui se alimenta

A dieta do sagui consiste em frutas, insetos, folhas e, às vezes, pequenos répteis. Além disso, os saguis mordem a casca das árvores, aproveitando os seus dentes afiados para tomar a seiva, fonte de nutrição. Esse processo pode levar várias horas por dia.

5. O macaco sagui é expressivo

Outra peculiaridade do macaco sagui está em sua expressividade facial. Segundo o Zoológico de Madri, esses pequenos primatas são capazes de transmitir suas emoções com movimentos de orelhas, lábios e pálpebras, o que se reflete nos diferentes gestos em seus rostos. 

Eles também se comunicam com seus pares por meio de gritos e usam as cordas vocais para alertar sobre o perigo ou incentivar o acasalamento.

 

Continuar a Ler

Você também pode se interessar

Animais
Dia Internacional do Bicho-Preguiça: curiosidades sobre este animal tão presente no continente americano
Animais
Conheça os pandas-vermelhos, seu amor pelas árvores altas e outras curiosidades
Animais
Capivaras urbanas: como o maior roedor do mundo se adaptou às cidades
Animais
Por dentro da vida quase aquática das onças-pintadas da Amazônia
Animais
Dia Mundial do Leão: 5 fatos sobre o rei da selva

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados