Fotografia

Como é a vida em uma ala de hospital para pessoas com Alzheimer

Fotos tocantes mostram a dura realidade de pacientes que sofrem com o Mal de Alzheimer. Segunda-feira, 6 Novembro

Por Alexandra E. Petri
Fotos de Maja Daniels

Enquanto visitava um hospital geriátrico na França, a fotógrafa Maja Daniels encontrou uma porta fechada e protegida por vigias. Atrás dela, alguém tentava chamar sua atenção. Quando questionou o fato, Daniels soube que a porta levava à ala dos pacientes com Alzheimer, trancados para mantê-los seguros e evitar que se perdessem.

“Eu fiquei impressionada com a imagem daquela porta”, disse Daniels.

A porta abriu caminho para a série Para Dentro do Esquecimento de Daniels, um ensaio que expôs alguns dos inúmeros problemas que afetam pacientes com Alzheimer e a desconexão de toda uma geração com seus idosos. Produzido em um período de três anos, o ensaio foi o primeiro vencedor do Fundo Bob e Diane, uma bolsa fotográfica que estimula narrativas visuais sobre Alzheimer e demência.

Embora Daniels tenha usado a bolsa para ajudar a publicar Para Dentro do Esquecimento, a própria série levou o hospital onde ela fotografou o trabalho a fazer pequenas mudanças. A equipe ficou chocada quando viu as imagens de Daniels que mostravam as pessoas na porta.

"Às vezes, as coisas mais difíceis de se ver são as mais próximas de nós", diz Daniels.

Pouco depois, eles cobriram a porta com papel de parede para camuflá-la e afastar os pacientes.

"Até essas pequenas mudanças são importantes", diz Daniels.

O Fundo Bob e Diane foi fundado pela funcionária da National Geographic Creative Gina Martin, em homenagem à sua mãe, Diane, que morreu de Alzheimer em 2011, e seu pai, Bob. O fotógrafo vencedor recebe uma doação de US$ 5.000 para financiar seu trabalho.

Continuar a Ler