Onde fica Dubai?

Esse emirado também é conhecido como a "Pérola do Golfo" e possui uma capital de mesmo nome, a luxuosa cidade de Dubai.

Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 30 de jan. de 2024, 12:00 BRT
Turistas admiram a grandiosidade da cidade de Dubai vista de um deck de observação no grande ...

Turistas admiram a grandiosidade da cidade de Dubai vista de um deck de observação no grande edifício Burj Khalifa.

Foto de Luca Locatelli

Conhecido por sua opulência, Dubai é um dos sete emirados que integram os Emirados Árabes Unidos (EAU), um dos mais ricos países do Oriente Médio. Além dele, os EAU são formados ainda pelos emirados de Abu Dhabi, Fujairah, Ras al-Khaimah, Sharjah, Umm al-Quwain e Ajman, sendo que a cidade de Abu Dhabi (de mesmo nome do emirado) é também a capital do país. Os dados são da Encyclopaedia Britannica (plataforma de conhecimento e educação do Reino Unido).

Dubai, por sua vez, se localiza na costa leste da Península Arábica, mais especificamente no canto sudoeste do Golfo Pérsico. Com um tamanho de 4.114 quilômetros quadrados, esse emirado representa cerca de 5% do território dos Emirados Árabes Unidos (excluindo as ilhas), como explica o site oficial do governo local. Tal como seu vizinho, este emirado também possui uma capital homônima –cidade de Dubai, talvez a mais popular dos EAU no mundo

Em termos de população, dados do site do governo local de 2021, estimam que a população de Dubai (o emiradoé de quase 3 milhões e 450 mil habitantes, dos quais pouco mais de 1 milhão são mulheres e 2,4 milhões são homens. A maioria é muçulmana, já que o Islã é a religião oficial dos Emirados Árabes.

O elegante clube de golfe Dubai Creek Golf Course possui um tee box (área para tacada inicial) em uma ilha artificial.

Foto de Luca Locatelli

Por que Dubai tem o nome de "Pérola do Golfo"

Em seus primórdios, o porto localizado na cidade de Dubai ajudou a região a se tornar um centro de pesca, de cultivo de pérolas, e facilitou o comércio marítimo. Por essa razão, no início do século 20, Dubai se tornou uma cidade portuária importante no mundo árabe, como informa o site oficial local.

Britannica acrescenta que, quando o campo de petróleo Fateh foi descoberto, em 1966, na área do Golfo Pérsico a 120 quilômetros a leste de Dubai, essa atividade também ganhou destaque. 

exploração de petróleo nessas águas ajuda a explicar a riqueza do emirado, mas atualmente a economia de Dubai não depende totalmente do petróleo, pois também obtém renda de setores como comércio, finanças, serviços, turismo e outros, como informa o site governamental local.

(Talvez você se interesse por: Por que o Iêmen e o Estreito do Mar Vermelho são essenciais para o transporte marítimo global?)

Conheça 3 fatos curiosos sobre a cidade de Dubai

1. Dubai tem o edifício mais alto do mundo, o Burj Khalifa

Na década de 1980 e no início de 1990, Dubai investiu em ser um importante destino turístico de qualidade internacional e hoje possui lugares únicos no mundo. 

Dentro deste cenário, uma das principais atrações de Dubai é o  edifício mais alto do mundo, com 828 metros, chamado  Burj Khalifa.  Foi inaugurado em 2010 e tem 163 andares, como informa o Departamento de Economia e Turismo de Dubai. 

O edifício oferece um dos decks de observação entre os mais altos do mundo, a 555 metros de altura do solo, localizado no 148º andar.

A Sheikh Zayed Road, a principal rua da cidade de Dubai, brilha ao anoitecer.

Foto de Luca Locatelli

2. O clima de Dubai é quente o ano todo

O emirado, como a maior parte da costa do Golfo Pérsico, tem um clima com pouca variação no inverno. A Encyclopaedia Britannica observa que Dubai sofre com a alta umidade no verão (de junho a setembro), com máximas de mais de 40°C no mês mais quente, que é julho.

Já no inverno (de dezembro a março), o mês mais frio é janeiro, com temperaturas mínimas de 15°C e máximas que podem chegar a 29°C. Por esse motivo, a população local depende do ar-condicionado durante praticamente todo o ano.

3. A  cidade de Dubai possui uma rede de transporte de última geração 

Como menciona a BritannicaDubai não é muito “amigável” aos pedestres devido à quantidade de tráfego, que pode ser muito intenso, e também devido ao calor intenso.

No entanto, já no começo do século 21, foi construído um sistema ferroviário totalmente automatizado e sem motorista. Essas inovações tornaram mais fácil a locomoção pela capital do emirado.

loading

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2024 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados