Animais

Conheça os pássaros que fazem a própria colônia com aroma cítrico

Novo estudo indica que o macho mais sensual da alca-de-crista tem penas grandes na cabeça e um cheiro forte de tangerina.segunda-feira, 4 de junho de 2018

Por Benji Jones
Dois alcas-de-cristas namorando na Ilha Talan, Rússia.

Nas duras Ilhas Shumagin, no Alasca, nenhuma árvore frutífera ousa criar raízes, mas ainda assim o aroma de limões e tangerinas frescas paira sobre o ar.

Uma colônia de alca-de-crista é a culpada: os machos produzem um odor cítrico que atrai as fêmeas. Segundo uma nova pesquisa da Behavioral Ecology, é a força da fragrância cítrica, juntamente com o tamanho da crista, que realmente importa.

Os pesquisadores há muito tempo sabem que os machos da ave alca-de-crista com cristas maiores – um tufo de penas na cabeça que enrola na frente – agradam mais. Mas ao contrário de uma aparência elaborada ou de uma vocalização, esses ornamentos demandam pouca energia para serem produzidos, transformando-os em um sinal nada confiável de aptidão física para as fêmeas que procuram por um macho robusto.

Cientistas presumem que deve haver outra coisa que faz desses animais com grandes cristas tão atrativos.

Talvez seja o cheiro deles, pensou o líder do estudo Hector Douglas, um biólogo marinho independente. “O odor cítrico é incrivelmente intenso”, ele disse. “Eles são os pássaros com cheiro mais forte que conheço.”

Mas, em 2002, quando ele começou a pesquisa, a ideia de que os pássaros sentiam cheiros era bem radical, pior ainda era a noção de que o perfume poderia funcionar como um sinal de aptidão física. Então, ele resolveu testar isso.

Naquele verão, Douglas capturou dezenas de alcas-de-cristas nas Ilhas Shumagin e as inseriu, uma por uma, em uma câmara especializada para avaliar o perfume delas.

Uma corrente de ar purificada passou pelo corpo do pássaro, captando moléculas voláteis que produzem o aroma, o qual depois foi filtrado e analisado. Esses componentes orgânicos, chamados aldeídos, são encontrados nas cascas de frutas cítricas assim como em perfumes de pronta entrega, incluindo Chanel Nº 5.

Antes de soltá-los na natureza, Douglas mediu a aptidão física dos pássaros por meio de um hormônio envolvido na resposta ao estresse chamado corticosterona, o equivalente dos pássaros do cortisol. Quanto mais rápido os pássaros produzem o hormônio, mais forte é a condição física deles.

Após analisar os resultados em terra firme, um padrão empolgante apareceu. Ele disse que os pássaros com cristas maiores produziram uma maior quantidade de perfume cítrico, sugerindo que o odor é atrativo para as fêmeas. “Algo aconteceu na evolução para favorecer a produção dessas substâncias”, disse Douglas.

E não é somente isso. Mais alcas-de-cristas liberaram corticosterona em um ritmo mais rápido, sugerindo que a capacidade delas de produzirem perfume está ligada com a habilidade e com a aptidão física.

 “Esses pássaros surgem a milhares de metros do mar e então eles têm que escapar de águias e falcões-peregrinos para chegarem aos seus ninhos”, disse Douglas, que finalmente publicou a pesquisa este ano.

Segundo Douglas, o aumento da aptidão física provavelmente leva a um maior sucesso no aumento da prole, apesar de não ter investigado essa teoria ainda.

Almíscar mágico

Therésa Jones, uma bióloga da Universidade de Melbourne que não estava envolvida na pesquisa, associa a produção do odor dos machos a um “distintivo de status”.

 “É interessante porque tem um custo inerente para a produção”, ela disse, ao contrário da energia necessária para os pássaros machos para demonstrações de cortejo e músicas.

“Fazer um perfume é uma extravagância”, concorda Douglas. “Os animais que estão expelindo o odor estão dizendo ‘Consigo fazer isso, apesar de eu estar perdendo a minha energia metabólica.”

Mas esse almíscar mágico não está apenas intoxicando as fêmeas. Ele também deixa os machos saudáveis.

O odor, expelido através das penas dos pescoços dos machos, pode reduzir ou neutralizar pestes sanguessugas, como piolhos, mosquitos e carrapatos. E nas Ilhas Shumagin isso não é uma vantagem pequena. O Douglas via uns 10 carrapatos por hora andando em suas calças.

Está pensando em usar perfume cítrico? Não é certo que você vá ser bem-sucedido ao paquerar homens ou mulheres, mas se você decidir usar um pouco, mantenha distância da Península do Alasca ou pode acabar atraindo a atenção de quem você não quer.

Continuar a Ler