Animais

Sim, este porco tem cabelos cacheados

Os cachos têm várias funções, desde esquentar o corpo para atrair parceiros a somente deixá-los mais bonitos. Conheça outros animais com pelos encaracolados. Terça-feira, 9 Abril

Por Liz Langley

COM A DÉCADA DE 1980 voltando à tona, a permanente nos cabelos poderia ser a próxima moda, mas, como sempre, os animais estão à nossa frente.

Algumas raças de animais domésticos, como porcos, cavalos e galinhas, foram desenvolvidas para ostentar traços encaracolados. Há uma característica genética relativa a pelagens cacheadas que está presente em diversas raças de cavalo de vários tamanhos e cores.

Os equinos com esse gene ficam com o pelo bem cacheado e espesso no inverno e alguns deles têm pelos "super encrespados" que caem completamente durante o verão, diz E. Gus Cothran, professor emérito da Texas A&M University em College Station.

Pesquisadores descobriram mutações em dois genes diferentes que podem propiciar pelagens crespas nesses animais. Contudo, segundo Cothran, como os cavalos de pelo encaracolado na Ásia não apresentam nenhuma dessas mutações, isso significa que há uma mutação a ser descoberta, ou possivelmente mais.

Porcos Mangalitsa

Mangalitsas, que são originários da Hungria e Sérvia, por volta de 1800, estiveram à beira da extinção nos anos 1970 porque não eram tão produtivos como as raças mais comerciais.

Os esforços para preservação foram bem-sucedidos e esse porco robusto, cuja lã parece de ovelha, deu a volta por cima.

Um estudo de 2003 sobre a história dessa raça rara enumera seus pontos fortes, incluindo robustez, adaptabilidade e o fato de serem boas mães.

Qual leitão não gostaria de se enrolar em uma mamãe felpuda e macia?

Gatos rex

Quatro raças de gato doméstico possuem pelo encaracolado em decorrência de uma mutação genética espontânea.

O elegante Cornish rex é descendente de um gato nascido no início dos anos 1950 em Cornwall, Inglaterra, que tinha até os bigodes enrolados.

Em 1959 um filhote de gato com pelo enrolado deu origem à raça Devon rex, que tem como característica a cabeça pequena e orelhas grandes. No ano de 1987, um único filhote de gato resgatado em Montana que tinha pelo encaracolado fez surgir a luxuosa raça Selkirk rex. Por fim, os gatos LaPerm, originários de gatos de um celeiro no Oregon, geralmente nascem carecas ou com uma pelagem lisa, a qual cresce e fica macia e cacheada.

Estrelas-do-mar Gorgonocephalus

Algumas espécies selvagens sem pelo também podem ostentar “cachos.”

Estrelas-do-mar Gorgonocephalus encontrada na região nordeste do Atlântico é tão crespa e encaracolada que é difícil saber onde começam.

Essa estrela-do-mar tem cinco braços que se ramificam a partir de um disco central, diz Chris Mah, zoologista de invertebrados marinhos do Museu Nacional Smithsoniano de História Natural em Washington, D.C.

Cada braço tem uma medula espinhal que permite que elas estendam os braços para pegar alimentos e depois se enrolem de novo enquanto estão em repouso.

Mutum grande

mutum grande, que pode ser encontrado do sudeste do México até o Equador, tem as cristas adornadas com penas pretas encaracoladas, que lembram um pouco uma fita VHS.

Não se sabe se as penas enroladas servem para atrair parceiros nessa espécie monogâmica, conta Richard Buchholz, biólogo de conservação da Universidade do Mississippi.

“Parece-me que a maior parte das aves com cristas, as levantam ou abaixam como um sinal de alerta ou motivação” entre si, diz ele. Qualquer que seja a razão, acrescenta ele, “com certeza são bonitinhos”.