Conheça Bob, o flamingo embaixador de Curaçao

Este flamingo foi resgatado por um veterinário local após se chocar contra a janela de um hotel e hoje se tornou uma estrela em ascensão na ilha.

Fotos de Jasper Doest
Published 23 de mar de 2018 17:58 BRT, Updated 5 de nov de 2020 04:22 BRST
Foto de Jasper Doest

Se você estiver visitando a ilha caribenha holandesa de Curaçao e vir um flamingo no banco do motorista de um carro, não se preocupe. É o Bob.

Como parte dos deveres do flamingo-americano embaixador da fundação sem fins lucrativos Fundashon Dier en Onderwijs Cariben, Bob viaja pela cidade no colo de sua proprietária e veterinária Odette Doest.

O fotógrafo de vida selvagem – e primo de Odette – Jasper Doest capturou essa e outras peculiaridades da vida de Bob como porta-voz do santuário de vida selvagem da ilha, que recebe todos os tipos de animais necessitados.

Odette fundou o santuário da vida selvagem em 2016 para apoiar seu crescente número de resgates, incluindo Bob, que colidiu com a janela de um hotel no mesmo ano e sofreu uma concussão.

"Ele estava muito calmo quando eu o trouxe para a clínica, e parecia estar aliviado por estar conosco", um indício de que ele já foi um animal de cativeiro, diz Odette.

Bob também tinha uma ferida no pé característica de longos períodos em uma superfície plana como o concreto. Como os flamingos precisam dos pés para retirar crustáceos e outros alimentos da areia, o problema de Bob dificultava a sua alimentação e ele estava gravemente abaixo do peso.

Embora quase todos os animais sejam devolvidos à natureza, Odette achou que seria mais seguro para Bob ficar permanentemente no santuário e ajudar a mostrar que a vida selvagem de Curaçao é linda e deve ser valorizada.

Visitante surpresa

Bob visita escolas e outros locais em Curaçao, dando aos seus companheiros humanos uma rara chance de conectar os habitantes locais com as diversas aves com quem eles dividem a ilha.

"A maioria nunca viu um animal assim de perto e, de repente, um flamingo vivo, mais alto do que você, entra na sala de aula. Pode ser algo muito emocionante", diz Jasper.

As crianças, fascinadas, aprendem a valorizar os flamingos selvagens de longe – e especialmente a não os importunar nos lugares onde se alimentam.

"É como um restaurante com comida ruim", diz Odette. "Eles não voltam mais."

Certa vez, quando Odette perguntou aos produtores de um programa de TV matinal se ela poderia levar um flamingo, eles pensaram que ela falava de um boneco de plástico.

"O apresentador ficou chocado quando Bob entrou no estúdio", diz Jasper, que fotografa animais selvagens em todo o mundo.

Ele também aprecia os esforços educacionais da prima. "Ela fala sobre algo muito importante na comunidade local, a família, e ensina às crianças a respeitarem os amigos e parentes de Bob quando as virem."

Você não está sozinho

Para uma ave recém-resgatada, o estresse causado por estar em um ambiente totalmente humano pode ser tão ruim quanto uma lesão – mas a reação de Bob é de um excelente animal de companhia, observa Jasper.

A maioria das aves demora quase uma semana para se adaptar ao novo ambiente, mas George, um flamingo-americano atacado por um cachorro, se acostumou ao seu novo lar em um dia, diz Odette. Ela acredita que Bob ajudou a acalmar George e até mostrou como se alimentar em um balde.

Bob (à direita) passa o tempo com dois flamingos resgatados na sala de tratamento de Odette. A jovem ave foi vítima de um derramamento de petróleo, enquanto o flamingo no centro teve uma asa quebrada devido a mordida de um cachorro.
Foto de Jasper Doest

Bob também pareceu ajudar outro flamingo ferido em um derramamento de óleo, que já foi solto.

Odette diz que prefere que um animal seja devolvido ao seu habitat nativo, mas Bob parece estar mais feliz exatamente onde está.

Você pode ver mais sobre o trabalho de Jasper Doest em seu site e segui-lo no Instagram.

Continuar a Ler

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2017 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados