Fotografia

4 dicas rápidas para fotografar as luzes de Natal

O editor de fotos da National Geographic Travel visitou a cidade de Nova York para fotografar suas brilhantes luzinhas festivas. Veja aqui os melhores truques para clicar os enfeites da sua cidade ou de onde for passar as Festas.Saturday, December 9, 2017

Por Jeff Heimsath
Uma árvore de Natal festiva ilumina o pátio do Lotte New York Palace Hotel em Manhattan.

Em dezembro, milhões de luzes cintilantes iluminam cidades de todo o mundo. Registrar essa decoração pode ser parte do ritual de fotógrafos urbanos que queiram celebrar a data. Andando pelos arranha-céus de Manhattan, pelas esquinas iluminadas de Paris ou pelo Ibirapuera, em São Paulo, é preciso prestar atenção em alguns macetes para aproveitar ao máximo suas fotos de luzes natalinas.

Encontre um bom local

Todos os anos, a cidade de Nova York, por exemplo, se esforça para tornar a temporada de férias tão grande e brilhante quanto a própria fama. Desde exposições como o Lotte Palace Hotel até tradições consagradas como a  Árvore de Natal do Rockefeller, não faltam locais fotogênicos para se escolher. Mas sempre eleja um ponto que faça você suspirar.

Sam "o grego" Bilas coloca luzes coloridas em sua casa, uma das muitas exibições de luzes no bairro de Dyker Heights, no Brooklyn.

O momento é tudo

O truque para conseguir boas fotos de luzes externas é começar a fotografar ao entardecer. Chegue à sua localização cedo para não perder esse breve momento. Se você fotografar com o dia ainda claro, as luzes não aparecerão em suas fotos. Se você fotografar muito tarde, as luzes parecerão pequenos pontos flutuando no espaço vazio.

Por que a fotografia simplesmente não imita o que você vê? Ao contrário dos seus olhos, as câmeras possuem uma faixa dinâmica limitada. Elas só podem se concentrar nas luzes brilhantes ou nos ambientes escuros, não em ambos. O olho humano, por outro lado, tem a incrível capacidade de comprimir uma ampla gama de luzes e sombras em uma única imagem.

As esculturas de anjo brilhantes enquadram a árvore natalina do Rockefeller Center no centro de Manhattan.

Leve os acessórios certos

Como você provavelmente estará usando uma velocidade de obturador mais lenta para fotografar na configuração de luz baixa, utilize um tripé para evitar fotografar imagens embaçadas com as mãos tremendo. O acessório será mais útil ainda se as luzes estiverem programadas para música ou cintilação. Se não tem um tripé, improvise equilibrando a câmera em um capô de carro, um banco ou uma árvore para reduzir o tremor da câmera.

Luz, câmera, ação!

Quando estiver pronto, observe o céu. À medida que ele escurece lentamente para um azul mais profundo, você notará que as luzes de Natal parecerão brilhar mais. O melhor momento para as fotos geralmente dura poucos 10 a 15 minutos, então clique muito e verifique constantemente se as fotos na parte de trás da sua câmera estão da forma que você quer. Seja persistente durante esses minutos. Se perdê-los, volte no dia seguinte, já com o posicionamento mais planejado.

Quando o céu estiver completamente escuro, você notará que suas fotos começam a perder detalhes e ficam vazias. Então é hora de guardar a câmera, pegar um pouco de chocolate quente e aproveitar as luzes através da lente original da natureza, seus olhos.

Continuar a Ler