Não, torcedores mexicanos não causaram terremoto após vencer a Alemanha.

A vitória da seleção latino-americana, no último domingo, mexeu com a Cidade do México. Mas não literalmente.

Publicado 19 de jun. de 2018 12:28 BRT, Atualizado 5 de nov. de 2020 03:22 BRT
Fãs celebram a vitória na Copa do Mundo na Cidade do México em 17 de junho.
Fãs celebram a vitória na Copa do Mundo na Cidade do México em 17 de junho.
Foto de Manuel Velasquez, Getty Images

A vitória do México sobre a Alemanha em um jogo da Copa do Mundo no domingo (17/06) causou uma movimentação na Cidade do México. Às 11h35 da manhã, quando Hirving Lozano marcou o gol vencedor em uma partida na Rússia, sismógrafos da Cidade do México detectaram um pico de atividade sísmica. O Instituto Mexicano de Pesquisa Geológica e Atmosférica alega que esse tremor tenha sido causado por milhares de fãs de futebol pulando durante a celebração, mas alguns cientistas não têm tanta certeza.

“Provavelmente foi uma pessoa ou um grupo de pessoas pulando ao lado da estação [de sismologia]”, diz Xyoli Pérez Campos, chefe do Servicio Sismológico Nacional (SSN), o serviço sismológico nacional do México. Campos diz que as vibrações detectadas pelos sismógrafos não se assemelham a um terremoto, causado pelo homem ou não.

“Não seria um único pico”.

Quando seções da crosta terrestre escorregam sobre ou ao lado uma da outra, energia é liberada em forma de ondas sísmicas. Sismólogos usam instrumentos sensíveis chamados sismógrafos para detectar essas ondas quando elas se movem pelo interior da Terra. Cientistas podem determinar a fonte de um terremoto examinando seu padrão de ondas sísmicas.

Terremotos causados por atividade humana

“Pessoas [pulando] podem gerar vibrações, mas elas são muito diferentes de um terremoto na medição”, diz Campos.

Sismógrafos captaram sons e vibrações de multidões agitadas antes, mas nenhuma celebração sincronizada já foi capaz de causar um verdadeiro evento sísmico. De acordo com William Yeck, geofísico da U.S. Geological Survey.

O termo “terremoto causado pelo homem” é tipicamente utilizado para descrever terremotos catalisados pela ação humana como perfurações e testes nucleares.

“É possível que humanos causem terremotos, não há dúvida quanto a isso; mas nesse caso, com as pessoas torcendo, parece que não foi o que aconteceu”, diz Yeck.

Dezenas de milhares de terremotos, naturais e causados pelo homem, movem a superfície do nosso planeta todo ano, a maioria deles tem baixa pontuação na escala Richter (são pequenos). Mas mais de 12 terremotos com magnitude acima de 4.0 já devastaram comunidades do mundo este ano, inclusive o terremoto de magnitude 6.1 que atingiu a cidade japonesa de Osaka nesta manhã, matando quatro pessoas e deixando mais de 300 feridos.

Continuar a Ler

Você também pode se interessar

História
A turbulenta história das Olimpíadas em tempos de crise global
Meio Ambiente
Até quando as plantas ajudarão a absorver o nosso carbono?
Meio Ambiente
Pescadores lutam para sobreviver no segundo maior lago do mundo
Meio Ambiente
As mudanças climáticas estão reduzindo populações essenciais de peixes
Meio Ambiente
Brasil reduz financiamento para cientistas – e o planeta pode sofrer as consequências

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados