Como um fotógrafo transformou um caranguejo-dos-coqueiros em “Crabzilla”

Thomas P. Peschak visitou o Atol de Aldabra, que abriga uma próspera população desta enorme espécie de crustáceo, e deixou a criatividade tomar conta do encontro.

Por Becky Harlan
fotografias de Thomas P Peschak
Publicado 13 de jun. de 2018 15:33 BRT, Atualizado 5 de nov. de 2020 03:22 BRT
Aldabra tem uma das últimas populações saudáveis de caranguejos-dos-coqueiros no Oceano Índico ocidental. Em outros lugares, ...
Aldabra tem uma das últimas populações saudáveis de caranguejos-dos-coqueiros no Oceano Índico ocidental. Em outros lugares, o maior artrópode terrestre do mundo, com um comprimento de 90 centímetros, tem sido comido até a extinção pelos humanos.
Foto de Thomas P Peschak, National Geographic Creative

Quando o fotógrafo Thomas P. Peschak estava trabalhando em uma história sobre a surpreendente biodiversidade em Seychelles, um arquipélago no Oceano Índico, ele foi a extremos peculiares para tirar uma foto arrepiante de um caranguejo-dos-coqueiros.

Por quê? O Atol de Aldabra, em Seychelles, é um dos únicos lugares no Oceano Índico ocidental que ainda tem uma população saudável de caranguejos, que são os maiores artrópodes do mundo. Eles são amplamente caçados porque, segundo Peschak, “são grandes, previsíveis, lentos e têm um sabor fenomenal.” Então, se a comunidade de caranguejos-dos-coqueiros está prosperando, isso provavelmente significa que não há muito humanos por lá.

Peschak chama essas criaturas de “as verdadeiras feras do mundo dos crustáceos”, e ele queria enfatizar a sombra alienígena que elas têm. Como ele conseguiu fotografar essa cena digna de Hitchcock? Ouça abaixo.

Crabzilla: como fotografar um caranguejo 'monstro'
Thomas P. Peschak quis revelar o tamanho monumental do caranguejo-dos-coqueiros.

Além disso, veja imagens de tirar o fôlego do Atol de Aldabra, que você pode ter dificuldade em visitar pessoalmente. Por conta de sua diversidade biológica e “beleza natural excepcional”, é uma reserva natural rigorosa e você precisa conseguir permissão especial para visitá-la.

Continuar a Ler

Você também pode se interessar

Perpetual Planet
Fotos aéreas revelam as maravilhas do Ártico Selvagem
Perpetual Planet
Fotos: criaturas misteriosas vivem sob o gelo da Antártida
Perpetual Planet
Um mestre da fotografia na missão de nos ajudar a ver os oceanos
Perpetual Planet
Butão é pioneiro em esforços de mitigação das mudanças climáticas
Perpetual Planet
Como o coração dos corais das Filipinas continua batendo?

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados