Animais

Criatura misteriosa, em forma de cérebro, é encontrada em lago

O organismo gelatinoso apareceu no lago de um parque em Vancouver, no Canadá, depois que o nível da água diminuiu. Quinta-feira, 26 Outubro

Gelatinosas criaturas, cobertas de muco e chamadas de briozoários escondem-se em rios e lagos. Recentemente, foram avistadas – aparentemente pela primeira vez – no parque Stanley, em Vancouver, Canadá, depois que o nível da água do lago baixou e as revelou.

Celina Starnes, do Sociedade Ecológica do Parque Stanley, examinou o espécime encontrado na ‘Lagoa Perdida’, na parte sul do parque. No vídeo, produzido pelo jornal Vancouver Courier, Celina mostra o corpo – meio verde, meio marrom – ao puxá-lo do fundo do lago.

Em um telefonema, Celina explicou à National Geographic que a as criaturas tem características de uma gelatina.

Aglomerados de briozoários como esse são, na verdade, centenas de indivíduos vivendo juntos em uma colônia. Quando separado, como um zooid, o tamanho do bicho não passa de uma fração de milímetro. Zooides são hermafroditas mas se espalham graças aos estatoblastos, um grupo de células encontradas nesse organismo que conseguem se reproduzir assexuadamente caso se desprendam da colônia.

Registros fósseis datam a origem dos antigos briozoários marinhos há cerca de 470 milhões de anos.  A espécie encontrada no Parque Stanley é conhecida comumente como um briozoário “magnífico”, Pectinatella magnifica, e acreditava-se que viviam apenas em áreas ao leste do Rio Missisipi.

Continuar a Ler