Quanto pode pesar a tromba de um elefante?

Esta parte única da anatomia do animal possui diversas funções biológicas. Atualmente, as três espécies de elefantes existentes no planeta estão em perigo de extinção.

Uma mãe elefante descansa sua tromba em seu filhote, no Parque Nacional de Bandipur, na Índia.

Foto de Brent Stirton
Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 10 de ago. de 2023, 11:24 BRT

Os elefantes (Elephantidae) são os maiores seres vivos terrestres, com características físicas próprias, como orelhas, pernas, trombas e presas. De acordo com o Santuário de Elefantes do Brasil (SEB), o primeiro projeto da organização sem fins lucrativos Global Sanctuary for Elephants (GSE) na América Latina, esses animais podem viver até 70 anos na natureza, se estiverem em estado selvagem.

Sua característica tromba longa não é apenas uma qualidade física, é um dos órgãos mais usados e versáteis, dada sua evolução ao longo dos anos. É uma combinação do lábio superior e do nariz, com as narinas na ponta. Essa anatomia inclui os ancestrais dos elefantes, como os mamutes e os mastodontes, ambos já extintos, explica a Enciclopédia Britannica, plataforma de dados sobre educação do Reino Unido.

Quanto pode pesar a tromba de um elefante?

De acordo com a Britannica, a proeminente tromba de um elefante macho adulto pode pesar até 130 quilos e é forte o suficiente para levantar 250 quilos de carga. Esse órgão é composto por 16 músculos, um que é o principal músculo a cobrir a parte superior da tromba e os dois lados, o qual funciona para levantá-la. E mais outro músculo cobre a parte inferior desta parte do corpo do animal. 

A tromba é hábil, sensível e móvel, qualidades que fazem com que ela quase pareça ser independente do resto do corpo do elefante. Há também cerca de 150 mil conjuntos de fibras musculares radiais e transversais dentro dela, o que permite fazer habilidades motoras refinadas. Na ponta desta espécie de apêndice característica dos elefantes há ainda projeções semelhantes a escamas que lhe permitem realizar ações delicadas, como pegar uma moeda do chão ou remover a casca de um amendoim para comê-lo.

A tromba de um elefante. Reserva Nacional de Samburu, Quênia.

A tromba de um elefante. Reserva Nacional de Samburu, Quênia.

Foto de Michael Nichols

As espécies de elefantes estão em perigo de extinção

O SEB menciona que há três espécies de elefantes e que elas correm o risco de serem extintas. São elas:

  • Elefante africano da savana (Loxodonta africana): pode pesar mais de 6 toneladas, ter até 4 metros de altura e medir 9 metros da tromba à cauda.
  • Elefante africano da floresta (Loxodonta cyclotis): pesa cerca de 2,7 toneladas e tem 2,5 metros de altura. 
  • Elefante asiático (Elephas maximus): essa espécie tem entre 5,5 e 6,4 metros de comprimento, pode pesar entre 2 e 5 toneladas e tem entre 2 e 3 metros de altura.
loading

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2024 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados