Por que os cabelos são lisos ou cacheados? Descubra o que diz a ciência

De fios muito lisos a cachos bastante encaracolados ou crespos, o cabelo humano pode ter uma aparência bastante variada. Mas o que determina se o cabelo de uma pessoa é de um jeito ou de outro?

Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 28 de jul. de 2023, 09:46 BRT
Uma modelo de cabelos lisos e grisalhos posa em estúdio.

Uma modelo de cabelos lisos e grisalhos posa em estúdio.

Foto de Hannah Reyes Morales

Existem diferentes fatores, como a genética e o formato do folículo, que explicam a presença de cabelos cacheados ou lisos em uma pessoa, como explica um artigo publicado na revista científica Mathematical Physical & Engineering Sciences

De acordo com o artigo, para explicar as razões dessa diversidade de cabelos é necessário distinguir entre as partes macroscópicas do fio, independentemente de sua forma. Conforme explicam os estudiosos, cada fibra capilar é composta por duas partes distintas: a parte em crescimento e a parte queratinizada (que também é chamada de haste capilar, fibra capilar ou simplesmente fibra). 

"Abaixo do couro cabeludo, a parte em crescimento é gerada no folículo; acima do couro cabeludo, a parte queratinizada existe como uma estrutura biológica morta", explica o artigo.

Como é gerado o cabelo cacheado?

O cabelo crespo trançado de uma garota.

Foto de Hannah Reyes Morales

A ondulação do cabelo é gerada na parte em crescimento e pode ser determinada pelo formato do folículo. De acordo com o artigo, foi demonstrado que as fibras cacheadas, que emergem angularmente do couro cabeludo, são geradas por folículos curvos. Já os cabelos lisos emergem de folículos colineares que são incorporados em ângulos aproximadamente retos em relação ao couro cabeludo.

Por sua vez, continua o documento, o cabelo cacheado é explicado a partir de três áreas: antropologia, medicina e biologia. Do ponto de vista antropológico, o cabelo cacheado é considerado uma adaptação evolutiva para resfriar o couro cabeludo e protegê-lo dos raios UV, ou para reter o calor, de acordo com as necessidades ambientais. 

Do ponto de vista médico, considera-se que as mudanças no formato do cabelo podem estar relacionadas a uma condição de saúde ou ao efeito de determinados medicamentos. Por exemplo, cabelos de aspecto  lanoso (que sejam mais frágeis que os demais) podem indicar certos distúrbios capilares autossômicos recessivos. Além disso, foram observadas mudanças no formato do cabelo após o tratamento de determinadas condições.

Enquanto isso, na biologia, acredita-se que alguns genes estejam associados à maior ou menor curvatura do cabelo. 

Embora existam pesquisas que ofereçam informações sobre os possíveis motivos dos cabelos cacheados ou lisos, o artigo reconhece que ainda há lacunas nos dados quando se considera o motivo da ondulação da fibra. Portanto, são necessárias mais pesquisas para entender melhor a fibra capilar das pessoas.

loading

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2024 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados