Por que os pelos de seu corpo se arrepiam quando está frio?

Essa reação também ocorre em animais. Além do clima frio, há outros motivos para o arrepio dos pelos.

Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 14 de jul. de 2023, 17:16 BRT
Caçadores se aquecem em uma fogueira perto do Forte Good Hope.

Caçadores se aquecem em uma fogueira perto do Forte Good Hope.

Foto de Patrick Kane

Quando uma pessoa sente frio, a pele muda de lisa para áspera e os pelos se arrepiam. O termo médico para esse arrepio é cutis anserina, embora também seja conhecido como piloereção ou reflexo pilomotor, diz um artigo da Harvard Medical School (HMS). 

Por que ocorrem os arrepios

Os arrepios ocorrem quando pequenos músculos nos folículos capilares da nossa pele puxam o cabelo para cima, explica o National Institutes of Health (NIH), a agência de pesquisa médica dos EUA.

De acordo com o artigo da HMS, os arrepios são uma reação involuntária. Especificamente, são os nervos do sistema nervoso simpático (aqueles que controlam a resposta de luta ou fuga) que controlam esses músculos da pele.

Para que servem os arrepios

Os arrepios ajudam a conservar o calor quando o corpo é exposto ao frio. Isso ocorre porque a contração dos músculos da pele (chamados arrectores pilorum) gera calor. Por sua vez, os folículos pilosos elevados fazem com que os poros da pele se fechem. Além disso, os pelos elevados prendem uma camada de ar perto da pele, retendo o calor do corpo.

No entanto, esclarece a HMS, esses fatores podem ser mais importantes para animais com peles grossas do que para os seres humanos. De fato, não está claro até que ponto os arrepios são importantes nos seres humanos. 

Mas isso não é tudo. Uma pesquisa recente publicada em 2020 na revista Cell concluiu que existe uma ligação entre os arrepios e a regeneração do cabelo e dos folículos capilares. Aparentemente, explica a HMS, os nervos conectados aos pequenos músculos da pele também se conectam às células-tronco dos folículos pilosos, que são responsáveis pelo crescimento do cabelo.

Em resposta ao frio, o nervo comanda a contração dos pequenos músculos da pele (causando arrepios) e, ao mesmo tempo, o mesmo nervo ativa as células-tronco do folículo para o crescimento de novos cabelos.

De acordo com o NIH, essa descoberta pode ter implicações na reversão da queda de cabelo e na compreensão da cicatrização de feridas na pele. 

Outros motivos que geram arrepios

Não é apenas o frio que provoca arrepios. A Harvard Medical School explica que essa sensação também ocorre diante do medo, ao ouvir música ou ver obras de arte que geram emoção.

Além disso, "os arrepios podem ser um sinal de um distúrbio convulsivo chamado epilepsia do lobo temporal, um distúrbio do sistema nervoso simpático ou outros distúrbios cerebrais", embora isso seja raro, esclarece a HMS.

loading

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2024 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados