O que é uma Reserva da Biosfera e qual a sua importância

Atualmente existem mais de 700 reservas desse tipo no mundo.

Uma girafa macho da África Ocidental se muda para a Reserva da Biosfera de Gadabedji para ajudar a cultivar uma nova população da subespécie. Nigéria

 

Foto de Ami Vitale
Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 3 de nov. de 2022 10:30 BRT

Uma Reserva da Biosfera é uma área designada para aliar a conservação ambiental e o desenvolvimento humano sustentável. O conceito existe desde a década de 1970 e foi criado pela pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). 

Hoje existem 738 Reservas da Biosfera espalhadas por 134 países, organizadas como parte do Programa Homem e Biosfera da agência da ONU. 

Com o objetivo de destacar a importância desses espaços naturais, a Unesco proclamou o dia 3 de novembro como o Dia Internacional da Reserva da Biosfera. 

O que é uma Reserva da Biosfera

Reserva da Biosfera é um estatuto atribuído pelo Programa Homem e Biosfera a certas áreas protegidas em porções representativas de ecossistemas característicos de cada região, sejam eles terrestres ou marinhos. 

De acordo com a Unesco, elas funcionam como centros de monitoramento, pesquisa, educação ambiental e gerenciamento de ecossistemas. Como instrumento de conservação, favorecem a descoberta de soluções para problemas como o desmatamento das florestas tropicais, a desertificação, a poluição atmosférica e o efeito estufa.

Damselfish nadar em águas rasas na lagoa interna de Palau. Palau, Oceania.

Foto de SHUTTERSTOCK

Atualmente, as reservas cobrem mais de 5% da superfície terrestre. A maior do mundo é a Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, no Brasil,  de acordo com a Rede Brasileira de Reservas da Biosfera (RBRB).  Ela engloba quase 90 milhões de hectares, abrangendo 17 estados brasileiros. 

(Veja mais: Brasil Selvagem: navegue pela Mata Atlântica em 360)

Qual a importância das Reservas da Biosfera

Segundo a Unesco, as Reservas da Biosfera têm um potencial considerável para se tornarem ferramentas poderosas para remediar os desequilíbrios existentes entre a humanidade e a natureza. 

Sua importância está em contribuir para conservação da biodiversidade, fomentar o desenvolvimento econômico sustentável do ponto de vista sociocultural e ecológico e criar condições para a produção e difusão do conhecimento científico e tradicional, para a educação ambiental e o monitoramento nos campos da conservação.

Continuar a Ler

Você também pode se interessar

Meio Ambiente
Mudanças climáticas aumentam casos de doenças como dengue e chikungunya
Meio Ambiente
As cidades mais sustentáveis do mundo em 2022
Meio Ambiente
O que é preciso para que uma cidade seja sustentável
Meio Ambiente
Cidades inteligentes, sustentáveis e verdes: o que elas significam e quais suas diferenças?
Meio Ambiente
Existe combustível sustentável para avião?

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados