Solstício de verão e solstício de inverno: qual a diferença entre eles?

No dia 21 de junho, o Hemisfério Norte receberá o verão, enquanto os países localizados no Hemisfério Sul entrarão no inverno.

Nascer do Sol no Pico Nevado Auzangate, em Cusco, Peru.

Foto de PRESTON SOWELL
Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 21 de jun. de 2023, 11:13 BRT

posição do Sol e dos astros tem sido de grande interesse para a humanidade há milhares de anos, inspirando a criação de monumentos e construções que brincam com a luz solar e suas sombras, conforme relata a agência espacial norte-americana Nasa.

Durante a jornada do planeta ao redor do Sol, a inclinação da Terra – que é 23,5º em relação à Linha do Equador – é influenciada pelo movimento de rotação. Com isso, ao longo do ano terrestre, os hemisférios ficam mais próximos ou mais distantes do Sol, influenciando as estações climáticas em cada metade do planeta e gerando o fenômeno que conhecemos como solstícios

Por esse motivo, no dia 21 de junho, o Hemisfério Norte recebe o verão, enquanto o Hemisfério Sul dá as boas vindas as temperaturas frias do inverno.

O que é o solstício de verão

Segundo a Nasa, no Hemisfério Norte, localizado acima da Linha do Equador, o solstício de verão ocorre quando o Sol está diretamente sobre o Trópico de Câncer (23,5° ao norte), o que ocorre em 21 de junho. Já o Hemisfério Sul observa a transição para o verão quando a estrela se posiciona diretamente sobre o Trópico de Capricórnio (-23,5° ao sul), que acontece em 21 de dezembro.

Deslizamento de terra em 'câmera lenta' intriga cientistas
É provável que as mudanças climáticas estejam intensificando esses eventos em regiões frias.

Durante o verão, os dias são mais longos, pois é o momento do ano em que o hemisfério que está apontado para o Sol recebe mais luz, conclui a agência espacial. À medida que as pessoas se aproximam dos limites do polo, a noite nunca chega. O Sol faz um círculo completo logo acima do horizonte enquanto a Terra gira. No verão, a estrela central fica localizada acima do Círculo Polar Ártico e nunca se esconde.

(Relacionado: Qual é a diferença entre asteroides e cometas?)

O que é o solstício de inverno

Já no solstício de inverno, que chega ao Hemisfério Sul em junho, as horas de luz do dia são mais curtas e noites mais longas, marcando o início da estação mais fria do ano. Segundo a Nasa, isso ocorre porque o Trópico de Capricórnio será a região da Terra que receberá menos luz solar por pelo menos três meses a partir dessa época do ano.

Ao contrário do que ocorre no solstício de verão, durante o inverno, o Círculo Polar Antártico não observará o nascer do Sol. 

Em contrapartida, o solstício de inverno acontecerá no Hemisfério Norte no mês de dezembro, quando o Trópico de Câncer se torna a região terrestre que recebe menos luz solar.

loading

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2024 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados