Como em Avatar! Estas espécies oceânicas precisam de proteção

A Disney se uniu à The Nature Conservancy para ajudar a preservar 10 espécies marinhas ameaçadas, como a baleia-azul e a beluga. Saiba mais sobre elas e como contribuir com esta causa.

"Avatar: O Caminho da Água", de James Cameron.

Foto de Disney+
Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 12 de dez. de 2022 11:42 BRT, Atualizado 13 de dez. de 2022 09:50 BRT

Avatar: O Caminho da Água, novo filme da 20th Century, mergulhará profundamente no oceano para mostrar as maravilhas dos recifes de corais e a grande diversidade de criaturas aquáticas que habitam as águas da fictícia Pandora. 

A aguardada sequência cinematográfica chama a atenção para os oceanos tanto de Pandora quanto do planeta Terra. Tal como no filme, por aqui diversas espécies marinhas estão ameaçadas pelas mudanças climáticas e pela atividade humana.

O próprio ator Jack Champion, que interpreta o personagem Spider no longa-metragem dirigido por James Cameron, comenta sobre o fato no vídeo promocional da campanha Keep Our Oceans Amazing, dedicada a proteger 10 espécies dos oceanos ameaçadas de deixar de existir.

"Sem mudanças significativas, mais da metade de todas as espécies dos mares poderiam enfrentar a extinção antes do final deste século”, alerta o artista na campanha. 

10 espécies marinhas incríveis ameaçadas como as de Pandora, em Avatar

  • Baleias beluga: também conhecida como baleia-branca por causa de sua cor, elas são animais sociais que vivem em manadas. São comumente encontradas em águas costeiras do Ártico.
  • Baleia-azul: é popular por ser o maior animal do mundo. São animais que costumam pesar cerca de 200 toneladas; os adultos comem até quatro toneladas de krill por dia. As baleias-azuis vivem até 90 anos e são importantes para a saúde dos oceanos porque distribuem nutrientes à medida que se alimentam.
  • Tartaruga-de-pente: comumente vista em lagoas e recifes de corais, elas contribuem para a natureza comendo esponjas marinhas e, assim, criando espaço para que os corais cresçam. Também mantêm as populações de águas-vivas sob controle e se alimentam de outros invertebrados.
  • Peixe-boi: são herbívoros e passam até oito horas comendo todos os dias, consumindo cerca de 4% a 9% do seu peso corporal diariamente (eles podem pesar até 50 kg). Fato engraçado: os marinheiros europeus uma vez confundiram os peixe-bois com sereias.
  • Mangues: estas áreas fornecem habitat e refúgio para mais de 3 mil espécies de peixes. Eles são viveiros naturais considerados “heróis do clima”. Podem armazenar mais carbono por área do que as florestas tropicais continentais e proporcionar meios de subsistência para mais de 120 milhões de pessoas.
Avatar: O Caminho da Água | Trailer Oficial
Ajude a gente a manter os oceanos incríveis. Até 31 de dezembro, para cada criatura criada no Oceano Virtual de Pandora, a Disney irá doar 5 dólares para a instituição The Nature Conservancy. Crie a sua agora! #Avatar: O Caminho da Água, em 15 de dezembro nos cinemas.
  • Raias-manta: podem ter uma envergadura de até 9 metros quando se alimentam. Para comer, nadam com a boca aberta a fim de atrair plâncton e krill. Elas estão atualmente em perigo de extinção.
  • Peixe-papagaio: este é um peixe muito colorido que vive em recifes de corais. Tem dentes na garganta que esmagam pedaços de coral, transformando-os em areia branca presente nas praias.
  • Leões-marinhos: estes simpáticos animais gostam de praias arenosas ou rochas à beira-mar. Eles são muito sociáveis e costumam viver em grandes grupos. Podem nadar em rajadas de até 40 quilômetros por hora.
  • Coral chifre-de-veado: recebe seu nome pela forma que possui. Embora seja o coral que mais cresce (cerca de 10-20 centímetros por ano), seus esqueletos são facilmente danificados por tempestades e atividades humanas.
  • Tubarão-baleia: alcança de 5 a 10 metros de comprimento, o que faz com que seja o maior peixe vivo da atualidade. Muitas vezes chamado de "gigantes gentis", eles se alimentam de plâncton e percorrem longas distâncias para encontrar alimento.

A Disney ajuda a proteger as criaturas marinhas, como em Avatar: saiba como participar

A Disney se comprometeu a contribuir para a preservação desses 10 animais oceânicos e seus habitats. Para isso, doará cinco dólares à instituição The Nature Conservancy para cada criatura aquática criada por usuários no site Keep our oceans amazing e inspirada pelo filme Avatar.

The Nature Conservancy é uma organização ambiental global sem fins lucrativos fundada em 1951 que trabalha para criar um mundo onde as pessoas e a natureza possam prosperar.
Para fazer o avatar, o usuário deve entrar no site e clicar em “crie sua própria criatura”. Os internautas precisam escanear o código QR que aparece na tela.

Crie seu próprio avatar e ajude a proteger a mágica biodiversidade oceânica.

Foto de Disney+

Concluída esta etapa, é hora de criar o novo ser. Para isso, é necessário selecionar uma área do nível do mar, a dieta da criatura e da espécie. Em seguida, você deve personalizá-lo e escolher uma cabeça, barbatanas, cauda, ​​textura, cor, bioluminescência, um padrão de cores para este último ponto e escolher um nome. Por fim, a nova criatura poderá nadar no oceano virtual de Pandora.

Os internautas têm até 31 de dezembro de 2022 para criar seu próprio avatar e contribuir para o objetivo global de proteger 10% do oceano até 2030.

Quando estreia Avatar: O Caminho da Água 

O diretor James Cameron transporta o público de volta à Pandora em uma nova experiência cinematográfica repleta de ação e aventura. 

Passado mais de uma década após os acontecimentos do primeiro filme, Avatar: O Caminho da Água continua a história de Jake Sully (Sam Worthington) e Neytiri (Zoë Saldaña), princesa Na’vi do clã Omaticaya, nativos de Pandora, agora pais de cinco filhos. 

Sua nova vida é interrompida quando o “Povo do Céu”, o nome dado pelos Na'vi para os humanos, volta atrás de Sully. Eles fogem para um território distante, buscando refúgio com um novo clã, onde precisam rapidamente aprender os caminhos da água para sobreviver e enfrentar a ameaça. O longa estará disponível nos cinemas a partir de 15 de dezembro de 2022.

Junte-se à Disney e à The Nature Conservancy para alcançar a meta global de proteger 10% do oceano até 2030. Para isso, crie seu próprio avatar e ajude a proteger a mágica biodiversidade oceânica.

Continuar a Ler

Você também pode se interessar

Meio Ambiente
Humanos sobreviverão à sexta grande extinção?
Animais
5 animais extintos: conheça suas características e por que desapareceram
Animais
5 animais das Américas que estão em perigo de extinção em 2022
Meio Ambiente
Cocô de baleia deixa nosso ar respirável | Hoje eu aprendi
Ciência
Morreu Thomas Lovejoy, biólogo que cunhou o termo ‘diversidade biológica’

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados