Conheça o coletivo Mooc no segundo episódio de Hack The City

A proposta dos artistas é revitalizar um espaço na Zona Sul de São Paulo e transformá-lo em um ponto de encontro.Wednesday, September 19, 2018

Por Redação National Geographic
Integrantes do coletivo de arte, moda e design Mooc, formado por oito jovens negros moradores da periferia paulistana.

Dar voz à periferia e ao jovem negro, possibilitando que pessoas normalmente marginalizadas conquistem um espaço de destaque em um meio tão branco e restrito como o audiovisual. Esse é o resumo da trajetória do coletivo Mooc, que estrela o segundo episódio da série Hack The City. Parceria da National Geographic com a Intel, Unindo mundos estreia na quarta-feira (19/09), em todas as plataformas digitais e no canal.

Neste episódio, a proposta do coletivo Mooc é revitalizar um espaço público na Zona Sul da cidade de São Paulo e transformá-lo em um ponto de encontro de todas as periferias da cidade – leste, norte, sul ou oeste –, onde todos poderão se divertir, se expressar e mostrar sua arte.

Marcado pela alegria e pelas referências na moda e na música, mostrando as origens de cada integrante, as motivações, as divergências e, especialmente, o que os une, acompanharemos o desenvolvimento do projeto desde a troca de ideias à sua execução final.

O episódio Unindo mundos evidencia ainda a questão do coletivo e fortalece o senso de comunidade, retratando ao mesmo tempo a identidade e o trabalho do grupo em um grande evento em um local renovado.

ver galeria
Continuar a Ler