Por que os tubarões brancos atacam as pessoas?

A ciência descobriu uma possível explicação para o ataque desse tipo de tubarão a seres humanos. O animal, além de ser conhecido como um dos mais perigosos, tem a mordida mais forte do oceano.

Grande tubarão branco, África do Sul.

Foto de SHUTTERSTOCK
Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 9 de ago. de 2023, 15:44 BRT

grande tubarão branco (Carcharodon carcharias) é um dos mais conhecidos de sua família, a selaquimorfos. Um tubarão branco gigante tem tamanho máximo estimado de 6 metros, vive em mares temperados ao redor de todo o planeta e pode ser popularmente conhecido como “tubarão devorador de homens”, de acordo com o site Arquivo Internacional de Ataque de Tubarão (International Shark Attack File ou na sigla Isaf), do Museu de História Natural da Flórida, nos Estados Unidos. 

O animal recebeu esse nome devido à pigmentação branca de seu ventre, acompanhada por uma superfície dorsal preta-acinzentada. O grande tubarão branco, explica o Isaf, é considerado um dos tubarões mais perigosos do mundo e a ciência encontrou uma possível explicação para o fato dele atacar, frequentemente, barcos e seres humanos. 

(Saiba mais: As 5 características que você não sabia sobre o grande tubarão branco)

Por que os tubarões brancos atacam os seres humanos

Os pesquisadores da Isaf sugerem que os tubarões brancos geralmente atacam objetos desconhecidos para determinar seu potencial como alimento. Este macropredador costuma se alimentar de mamíferos marinhos (como focas e golfinhos), peixes e até répteis, como as tartarugas marinhas. 

No caso dos seres humanos, parece que capturar esta presa seria o único método confiável do tubarão para determinar se pessoas são – ou não – um alimento adequado para eles.

É por esse motivo que alguns cientistas acreditam que "as silhuetas de mergulhadores e surfistas, quando vistas de baixo, se assemelham às de suas presas mais comuns e que essa identificação errônea é a causa da maioria dos ataques a humanos", diz o Isaf. 

Entretanto, o fato de os grandes tubarões brancos atacarem objetos inanimados ou até mesmo pássaros (que não se assemelham às suas presas comuns) pode contradizer essa hipótese, defende a mesma entidade.

Por que a mordida do grande tubarão branco é uma das mais perigosas do oceano

O mais temido animal dos oceanos é endotérmico (ou seja, tem sangue quente) e é conhecido por ter as mandíbulas mais fortes do mundo marinho, como informa um artigo de 2008 publicado no Journal of Zoology chamado “Three-dimensional computer analysis of great white shark jaw mechanics: how hard can a great white shark bite?”, algo como “Uma análise computacional tridimensional da mecânica da mandíbula do grande tubarão branco: quão forte pode morder um grande tubarão branco?”, em tradução livre. 

Um grande tubarão branco de 2,5 metros de comprimento e 240 quilos poderia morder com uma força de 0,3 toneladas. O Journal of Zoology sugere até mesmo que um espécime maior poderia ter uma mordida ainda mais forte. De acordo com a pesquisa, um grande tubarão branco (como um indivíduo de 6,4 metros de comprimento e 3324 quilos, por exemplo) poderia atingir uma força de mordida de 1,8 toneladas.

loading

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2024 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados