Uma zebra-de-grevy é devolvida à natureza no Lewa Wildlife Conservancy, localizado no Quênia.

Dia Internacional da Zebra: em que lugar do mundo esse incrível animal é encontrado?

Famosas por sua pelagem listrada característica, as três espécies de zebra existentes vivem em diferentes paisagens.

Uma zebra-de-grevy é devolvida à natureza no Lewa Wildlife Conservancy, localizado no Quênia.

Foto de David Chancellor
Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 31 de jan. de 2024, 07:00 BRT

Por conta de seu padrão de listras exclusivo, as zebras chamam a atenção de seus observadores (sejam eles outros animais ou seres humanos). Mas ainda que pareçam todas iguais, elas estão categorizadas em três espécies – todas ameaçadas de extinção em em maior ou menor grau. E justamente para mobilizar para a preservação desses animais foi criado o Dia Internacional da Zebracomemorado anualmente em 31 de janeiro, e promovido por instituições de conservação animal, como o Smithsonian National Zoo e o Institute for Conservation Biology.

De acordo com a African Wildlife Foundation (AWF), uma organização que trabalha em todo o continente africano para proteger a vida selvagem, as três espécies de zebra catalogadas são zebra-de-grevy (Equus grevyi), a zebra-da-montanha ou zebra de Hartmann (Equus zebra) e a zebra das planícies (Equus quagga). Todos esses indivíduos estão presentes na Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN). 

Segundo a lista, a zebra-de-grevy é  a mais vulnerável, categorizada em animais ameaçados de extinção; as consideradas vulneráveis são as da espécie Hartmann; e as que estão catalogadas como “quase ameaçadas” são a zebra das planícies. Descubra onde esse incrível e único animal é encontrado. 

Zebras no Parque Nacional Hell’s Gate, no Quênia.

Foto de Ariadne van Zandbergen, Alamy

Qual é o habitat natural das zebras?

Embora vivam no mesmo continente, as três espécies  de zebra que existem na biodiversidade estão distribuídas de forma desigual em diferentes países e paisagens. Na natureza, as zebras preferem matagais, campos e savanas, de acordo com informações da IUCN.

zebra das planícies vive em todos os habitats africanos, exceto florestas tropicais, desertos e florestas de dunas.

A zebra de Hartmann habita áreas montanhosas, acidentadas e montanhosas com uma rica diversidade de espécies herbáceas e fontes de água perenes. E as zebra-de-grevy vivem em pradarias e matagais áridos e semiáridos, onde podem ter acesso a água permanente.

Onde as zebras vivem?

As zebras são nativas da África. Entretanto, nem todas vivem na mesma parte do continente.

As zebra-de-grevy, por exemplo, têm uma distribuição descontínua e são encontradas apenas no Chifre da África, ou seja, na região que compreende a Etiópia e o Quênia. No passado, no entanto, sua área de distribuição era consideravelmente maior, diz a União Internacional.

A espécie é considerada extinta da Somália, onde as últimas observações confirmadas datam de 1973, de acordo com a Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN.

Já a zebra de Hartmann vive atualmente em países como a África do Sul, Namíbia e Angola. A zebra das planícies, por sua vez, é distribuída do sul do Sudão e do sul da Etiópia, a leste do rio Nilo, até o sul de Angola, norte da Namíbia e norte da África do Sul. 

Segundo a IUCN, a zebra das planícies está extinta em dois países, Burundi e Lesoto, e é provável que esteja extinta também na Somália.

loading

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2024 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados