O que é a gripe do camelo e quais são seus sintomas

A doença foi detectada pela primeira vez em 2012 e ainda não há vacinas ou tratamentos específicos. Quais são seus sintomas e como se prevenir?

Micrografia eletrônica de varredura manchada de partículas de vírus da síndrome respiratória do Oriente Médio (amarelo) aderidas à superfície de uma célula VERO E6 infectada (azul). Imagem capturada e colorida no NIAID Integrated Research Facility em Fort Detrick, Maryland.

Foto de Niaid
Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 15 de dez. de 2022 15:45 BRT

A síndrome respiratória do Oriente Médio (Mers) é uma doença respiratória viral causada pelo coronavírus da síndrome respiratória do Oriente Médio (Mers-CoV), explica a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A doença foi detectada pela primeira vez na Arábia Saudita em 2012. "As origens do vírus não são totalmente compreendidas, mas de acordo com a análise de diferentes genomas, acredita-se que ele pode ter se originado em morcegos e depois transmitido aos camelos em algum momento, no passado distante", informa a OMS.

Desde o primeiro relato de Mers-CoV em 2012, foram notificados 2600 casos, com 935 mortes associadas em 27 países, segundo dados publicados pela OMS no dia  16 de novembro de 2022.

Além disso, a agência mundial de saúde destacou recentemente a necessidade de conscientização mundial como consequência do fato de que, entre 29 de dezembro de 2021 e 31 de outubro de 2022, o Ministério da Saúde do Reino da Arábia Saudita relatou quatro casos confirmados.

Como se transmite a gripe do camelo

O Mers-CoV é um vírus zoonótico, o que indica que é transmitido entre animais e pessoas. Segundo a OMS, os seres humanos são infectados por contato direto ou indireto com dromedários infectados, embora o meio de transmissão exato ainda não seja conhecido.

A OMS aponta também que "a transmissão de pessoa para pessoa é possível e ocorre predominantemente entre contatos diretos e em ambientes de assistência à saúde".

Uma enfermeira mede a temperatura de um morador de Bambang voltando de Manila. Bambang, Filipinas.

Foto de XYZA BACANI

Quais são os sintomas da gripe do camelo

De acordo com a OMS, pessoas infectadas com Mers-CoV podem ser assintomáticas, ou apresentar sintomas respiratórios leves ou graves. Entre os mais comuns estão: febre, tosse e dificuldade para respirar. Outros sinais menos vistos são: pneumonia e sintomas gastrointestinais, incluindo diarreia.

“Uma doença grave pode causar insuficiência respiratória, exigindo ventilação mecânica e apoio em uma unidade de terapia intensiva. O vírus parece causar doenças mais graves em idosos, pessoas com sistema imunológico enfraquecido e pessoas com doenças crônicas, como doença renal, câncer, doença pulmonar crônica e diabetes”, adverte a OMS.

De acordo com a organização, aproximadamente 35% dos pacientes com Mers-CoV morreram. No entanto, "isso pode ser uma superestimativa da verdadeira taxa de mortalidade, pois os sistemas de vigilância existentes podem deixar de contabilizar casos leves". Atualmente, as taxas de letalidade são contadas apenas entre os casos confirmados em laboratório.

Como se prevenir da gripe do camelo

No momento, vacinas e tratamentos específicos contra Mers-CoV estão em processo de desenvolvimento. Desta forma, o atendimento ao paciente é baseado em seu estado clínico.

Como prevenção, a agência mundial de saúde sugere a adoção de medidas gerais de higiene, como lavar as mãos antes e depois de tocar nos animais em visitas a fazendas, mercados, estábulos ou outros locais onde haja dromedários. Também deve-se evitar o contato com animais doentes.

A OMS também alerta sobre os perigos do consumo de produtos de origem animal crus ou mal cozidos, incluindo leite e carne, pois acarretam um alto risco de infecção por diversos patógenos, que podem causar doenças em humanos.

Continuar a Ler

Você também pode se interessar

Ciência
Qual é a origem da Aids?
Ciência
Qual é a diferença entre HIV e Aids?
Ciência
Quando e por que é comemorado o Dia Mundial do Diabetes?
Ciência
Dia Mundial do Diabetes: três histórias para saber como é viver com a doença
Ciência
Como o estresse afeta o corpo?

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados