O que está acontecendo com a estrela Betelgeuse?

O corpo espacial que faz parte do Cinturão de Orion aguarda mudanças em sua evolução nos próximos milhões de anos. Como será a estrela no futuro?

Animação de uma explosão de supernova para seu remanescente.

Foto de RICHER HARVEY
Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 22 de nov. de 2022 14:51 BRT

A estrela gigante Betelgeuse, uma das mais conhecidas e que se localiza relativamente perto da Terra (cerca de 725 anos-luz de distância), está destinada a explodir como uma Supernova em um milhão de anos, segundo a Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês). 

Atualmente, a tecnologia disponível permite aos astrônomos reconstruir a história das estrelas através de seus movimentos no céu. E até mesmo calcular quão distantes elas estão da Terra.  

A Betelgeuse, localizada no Cinturão de Orion, é tão grande que, se o Sol no centro do Sistema Solar pudesse ser substituído por essa estrela, sua superfície se estenderia para além da órbita de Júpiter, diz a Nasa. 

O que é Betelgeuse e por que ela está desaparecendo? 

A Betelgeuse é uma Gigante Vermelha, ou seja, um corpo espacial que está na fase avançada de evolução estelar e atingiu um tamanho colossal devido a mudanças dentro de seu núcleo. A ESA observa que seu escurecimento (ou perda de brilho) começou em outubro de 2019 e durou até meados de fevereiro de 2020.

Uma imagem da criação de uma nova estrela na constelação de Orion.

Foto de NASA ESA, AND THE HUBBLE HERITAGE TEAM (STSCI/AURA)

Um terço do brilho da Betelgeuse foi reduzido nesse período, de modo que o fenômeno pudesse ser observado a olho nu da Terra. De acordo com dados do Telescópio Espacial Hubble, da Nasa, a estrela explodiu em 2019 e perdeu parte de sua superfície visível.

(Você pode se interessar: Detectadas as primeiras estrelas do Universo? Entenda os fatos)

Ainda de acordo com observações da Nasa, o escurecimento da estrela aconteceu devido a uma imensa quantidade de material quente ejetado no espaço devido à explosão. Os danos produziram uma nuvem de poeira que obscureceu a luz das estrelas naquela região. 

A Betelgeuse vai virar uma Supernova?  

A agência espacial dos Estados Unidos afirma que, quando esses eventos ocorrem, é possível observar como as estrelas vermelhas perdem massa de seus núcleos, onde acontecem reações de fusão nuclear, à medida que envelhecem. O próximo passo da vida dessas estrelas é uma explosão como Supernovas. 

No entanto, estudos astronômicos ainda não dão provas suficientes para dizer que a Betelgeuse explodirá em breve. O jornal da Nasa argumenta ainda que a perda de massa não é necessariamente o sinal de uma explosão iminente.

Continuar a Ler

Você também pode se interessar

Espaço
Buraco negro é descoberto próximo da Terra
Espaço
Eclipse lunar total de novembro de 2022: como ver o fenômeno que não se repetirá até 2025
Espaço
Como nasce uma estrela
Espaço
Cometas: o que são e qual a importância deles?
Espaço
O que foi o Big Bang?

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados