Por que as pessoas acendem velas no Hanukkah?

A chamada "festa das luzes" dura oito dias e é uma das principais tradições do povo judeu.

Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 19 de dez. de 2022 10:45 BRT
Adoradores judeus ortodoxos se reúnem na sinagoga Warren's Gate no Muro das Lamentações em Jerusalém, Israel.

Adoradores judeus ortodoxos se reúnem na sinagoga Warren's Gate no Muro das Lamentações em Jerusalém, Israel.

Foto de Simon Norfolk

A palavra hebraica “Hanukkah” significa "inauguração" e é um dos principais festivais do judaísmo. A data comemora a rebelião dos Macabeus (combatentes judeus) contra o exército greco-sírio. Os judeus reivindicavam a presença e a soberania judaica sobre o território da antiga Terra de Israel. 

Este ano, a celebração começa na noite de domingo, dia 18 de dezembro, e termina na segunda-feira, 26 de dezembro, de acordo com o site da Associação Mutual Israelita Argentina (Amia).

Por que as velas são acesas?

Segundo a tradição judaica, após a vitória dos Macabeus sobre os gregos, só havia óleo suficiente para acender a menorah (candelabro de sete braços) por um dia. Como parte de um milagre, o óleo foi suficiente para oito dias, o que lhes deu tempo para fabricar um novo suprimento de material oleoso.

Por esta razão, acender a menorah de Hanukkah – ou chanukiah (adaptação da menorah com nove braços) – é uma forma de comemorar esse milagre histórico, sendo o costume central do feriado.

De acordo com a tradição Ashkenazi (judeus que se estabeleceram na Europa Central e Oriental), cada pessoa acende sua própria menorah. Na tradição sefardita (aqueles que viviam nas regiões de Castela e Aragão, atual Espanha), apenas uma menorah é acesa por família.

(Você pode se interessar: Descendentes da dinastia judaica de Chernobyl retornam à zona de exclusão)

Como acender as velas

Segundo o site da Embaixada de Israel na Guatemala, o ritual consiste em acender a menorah no lado de fora da porta principal da casa, de preferência ao anoitecer. 

A embaixada explica que na primeira noite, uma vela deve ser colocada no lado direito. Outra vela deve ser colocada no centro, como um shamash (vela guia, mais alta) que será usada para acender o resto das velas. 

Na segunda noite, duas velas devem ser colocadas na extrema direita, sendo que a shamash deve ser usada para acender a vela mais à esquerda primeiro. Na terceira noite, três velas devem ser colocadas na extrema direita, e a shamash deve ser usada para acendê-las em ordem, sempre da esquerda para a direita.

(Relacionado: O que é o Advento e como ele é celebrado?)

Todas as noites da celebração, o mesmo procedimento deve ser seguido até que todas as velas estejam acesas.

Mais importante ainda, as velas devem ser mantidas acesas por pelo menos 30 minutos após o anoitecer, e é preferível utilizar azeite de oliva, já que o milagre dos Macabeus ocorreu com este tipo de óleo. 

Costumes de Hanukkah

Depois de acender a menorah, as famílias contemplam a luz das velas, cantando e lembrando os milagres do povo judeu. A primeira música tradicionalmente cantada depois das velas acesas é a Maoz Tzur (poema litúrgico alusivo a Hanukkah), diz o site da Embaixada de Israel na Guatemala.

Outros costumes, tais como comer alimentos oleosos como latkes (bolinhos de batata fritos) e sufganiya (doce similar a um sonho) também são praticados em comemoração ao milagre do óleo.

Continuar a Ler

Você também pode se interessar

História
O que é otaku? Saiba o significado e a origem desta cultura
História
Nos 200 anos da independência do Brasil, conheça mitos e verdades sobre o 7 de setembro
História
O que significa o yin-yang
História
O que é o bullying?
História
Dia Mundial do Saneamento: qual é a sua importância

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados