Quais as teorias de Isaac Newton que mudaram os fundamentos da física

O inventor, físico e matemático inglês que nasceu em 4 de janeiro de 1643 revolucionou a física, e suas teorias são utilizadas até hoje.

A pintura recria Isaac Newton dividindo a luz solar em cores.

Arte de ROBERT C. MAGIS
Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 4 de jan. de 2023 15:43 BRT

Isaac Newton foi o físico que fez as primeiras postulações sobre a gravidade e seu comportamento com os corpos, assim como o comportamento de um objeto quando submetido a uma força, aceleração e fricção específicas.

Segundo o site The Newton Project, dedicado a divulgar a vida e a obra do físico, as teorias sobre o movimento foram postuladas em 1687, em sua obra-prima denominada Princípios Matemáticos da Filosofia Natural.

Confira duas das obras que estabeleceram Newton como um dos maiores matemáticos e pensadores científicos de sua época.

Lei de Gravitação Universal

Newton propôs que a gravidade, o efeito pelo qual dois objetos são atraídos um pelo outro, é uma força universal. Como a lei proposta por Johannes Kepler, era o Sol a estrela – com sua gravidade –  que mantinha os planetas do Sistema Solar em órbita.

Segundo a agência espacial norte-americana Nasa, a teoria sobre a gravitação dos objetos foi estudada por Newton a partir da força exercida pela Terra e seu satélite natural, a Lua. Essa força de atração que existe entre os dois corpos espaciais foi chamada pelo físico de "gravidade".

(Conteúdo relacionado: Por que a Lua afeta o estado do mar)

A chamada Lei da Gravitação Universal estabelece que “a força com que se atraem dois corpos deve ser proporcional ao produto de suas massas dividido pela distância entre eles ao quadrado”.

Lei de Newton

A Lei de Newton, também conhecida como Lei do Movimento, teoriza sobre o comportamento dos corpos submetidos a uma determinada força, aceleração e fricção. De acordo com o site Hyperphysics, a Lei de Newton pode ser dividida em três partes:

Lei da Inércia 

A Primeira Lei do Movimento afirma que um objeto permanece em repouso a menos que uma força externa atue sobre ele. Nesta postulação, também se estabelece que “o estado de movimento em linha reta deve ser considerado tão natural quanto o estado de repouso”.

De acordo com esta lei, se um objeto está em repouso em relação a um referencial, parecerá estar se movendo em linha reta aos olhos de quem está se movendo em linha reta em relação ao objeto.

(Pode lhe interessar: É possível calcular quanto tempo equivale um ano-luz na vida humana?)

Lei da Dinâmica (Força)

A segunda lei de Newton é usada para descrever as causas do movimento, em conjunto com a primeira e a terceira leis. Ela indica que “a aceleração de um objeto é diretamente proporcional à força que age sobre ele e inversamente proporcional à sua massa”.

A segunda lei permite comparar os resultados que a mesma força produz em massas diferentes e só é realizada quando a força é originada fora do objeto.

Lei de Ação e Reação

O princípio da ação-reação descrito por Newton afirma que “para cada força externa que atua sobre um objeto, existe outra força de igual magnitude na direção oposta, que atua sobre o objeto que exerce aquela força externa”.

Continuar a Ler

Você também pode se interessar

Espaço
É possível calcular quanto tempo equivale um ano-luz na vida humana?
Espaço
Ano Novo: quais são os primeiros e os últimos países a celebrá-lo
História
Por que os Estados Unidos detonaram uma bomba nuclear no espaço
Universo
Minúsculo planeta recém-descoberto pode revelar o destino final da Terra
Espaço
Esta galáxia quase não tem matéria escura - e os cientistas estão intrigados

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados