Garantindo a subsistência de gerações de produtores de café

O programa da Nespresso que visa garantir um futuro para os agricultores inclui um fundo de pensão, que ajuda os produtores de café colombianos a economizar dinheiro para a aposentadoria e passar seu legado para as próximas gerações.

Thursday, May 7, 2020,
Por Karen Carmichael
Um futuro melhor para os produtores de café
Um futuro melhor para os produtores de café

Para uma família que produz café, ganhar a vida é um trabalho difícil, especialmente na montanhosa província de Caldas, na Colômbia. Para obter sucesso, os agricultores precisam equilibrar o cuidado com a família e o cultivo de café, além de investir todo o dinheiro extra em suas plantações. Esse compromisso com o café dura quase a vida inteira e tem impacto sobre as condições físicas das pessoas, mas até recentemente a aposentadoria não era uma realidade possível para muitos agricultores que precisavam continuar trabalhando para fechar as contas no fim do mês. Esses agricultores se preocupavam com sua saúde no longo prazo e também com questões de segurança financeira, e o êxodo de gente jovem rumo às cidades (em busca de trabalho mais lucrativo e menos intenso) fez com que muitos produtores não tivessem ninguém em quem contar para dar continuidade ao legado de suas famílias.

"Quando eu acordo e vou trabalhar na lavoura, fico me perguntando o que vai acontecer comigo na velhice", conta Alba Maria, produtora de café em Caldas. O sonho da Alba é um dia poder transferir a posse da sua fazenda de café, que tem dois hectares, para o nome da filha e da neta. "Eu penso em como posso melhorar minha qualidade de vida e a da minha família".

Alba Maria, matriarca de uma família que produz café há gerações em Caldas, Colômbia, seleciona cuidadosamente os frutos de café mais maduros e vermelhos para compor a safra de Arabica de alta qualidade. Embora os jovens dessa região rural frequentemente se mudem para a cidade grande, Alba Maria tem esperança de que a filha dará continuidade à rica tradição cafeeira da família.

Foto de Rena Effendi

Felizmente, Alba não precisa enfrentar o futuro sozinha. Para ajudar os agricultores de Caldas a financiar suas merecidas e suadas aposentadorias, e para promover o bem-estar de longo prazo entre as comunidades locais que produzem café, a Nespresso – em parceria com o Ministério do Trabalho da Colômbia, a Cooperativa de Produtores de Café de Aguadas, a fornecedora de café Cafexport e a Fairtrade International – inovou ao lançar um fundo piloto de aposentadoria para agricultores que participam do Programa AAA Nespresso de Qualidade Sustentável™.

O fundo de previdência Nespresso trabalha em conjunto com os Beneficios Económicos Periódicos (BEPs) da Colômbia, um programa de poupança voluntária do governo criado para pessoas que não ganham o suficiente para contribuir com a previdência. Além da quantia economizada por meio dos BEPs, os agricultores que participam do Programa Nespresso para o Futuro do Agricultor recebem uma contribuição adicional do governo (igual a 20% da contribuição anual dos BEPs) quando vão se aposentar.

A Nespresso investiu US$ 5,4 milhões no Programa para o Futuro do Agricultor. Cerca de metade desse total foi investido em previdência. O saldo restante foi utilizado diretamente para financiar assistência técnica e apoio agronômico para os produtores do programa AAA.

"Tenho orgulho de fazer parte do Programa AAA Nespresso, pois ele nos dá acesso à previdência e a outros benefícios", afirma Don Fabio, produtor de café. "Eles nos pagam um bom preço pelo café e ainda nos dão uma contribuição previdenciária."

Don Fabio e a esposa Maria Lindelia Jaramillo Atehortua dedicaram suas vidas ao cultivo de cafés de altíssima qualidade na altitude dos Andes, em Aguadas, Colômbia. Don Fabio é um dos 1.500 membros da Cooperativa de Produtores de Café de Aguadas, que trabalha em conjunto com a Nespresso para oferecer seguro para a lavoura e planos de previdência para os agricultores membros.

Foto de Rena Effendi

Don Fabio, que começou a receber o benefício previdenciário em 2018, é um dos 1.250 agricultores que produzem para a Nespresso no âmbito do programa AAA e se inscreveram no fundo de previdência. Além disso, todos os agricultores que são membros da cooperativa e receberam a certificação Nespresso AAA estão aptos a receber seguro de vida, Seguro Futuro do Agricultor para Lavoura (cobrindo situações que envolvem o clima) e outros benefícios criados para ajudar mais de três mil agricultores a proteger suas platanções e garantir a continuidade geracional no café.

Para Leonel Quintero, produtor de café Nespresso AAA, o fundo piloto de previdência é uma esperança de que ele vai poder se sustentar quando não tiver mais condições de trabalhar na lavoura, e de que a próxima geração da sua família dará continuidade às tradições cafeeiras. "É muito satisfatório saber que a Nespresso nos apoia com aposentadoria e outros benefícios", conta ele. "Com a ajuda da Nespresso, conseguimos cobrir todas as nossas necessidades básicas, e nossas crianças e netos podem enxergar um futuro na lavoura de café".

Saiba mais

Continuar a Ler

explorar vídeos

Meio Ambiente2:59

Um agricultor costa-riquenho está tomando medidas para alcançar a sustentabilidade total

Meio Ambiente3:53

Saberes na Etiópia