Essa fruta é fonte de vários nutrientes, como gorduras boas, fibras, vitaminas B, C, E e ...

O que acontece com seu organismo se você comer abacate todos os dias?

O abacate é uma fruta rica em carotenóides e outros nutrientes que fazem bem à saúde. Pesquisas mostram que o seu consumo regular pode gerar diversos efeitos positivos.

Essa fruta é fonte de vários nutrientes, como gorduras boas, fibras, vitaminas B, C, E e K, potássio e carotenoides.

Foto de Rebecca Hale
Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 4 de jul. de 2024, 15:00 BRT

abacate é uma fruta muito conhecida e popular na América Latina. Esse fruto verde com polpa cremosa é um alimento versátil e pode ser usado em uma variedade de pratos: desde comê-lo sozinho, colocá-lo em saladas, vitaminas até ser o protagonista principal da preparação, como na tradicional guacamole mexicana. E seu consumo diário tem sido associado a uma série de benefícios.

De acordo com um artigo publicado pela Harvard School of Public Health, da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, o abacate é fonte de vários nutrientes, como gorduras boasfibrasvitaminas B, C, E e K, potássio e carotenóides. 

México é o maior produtor de abacate do mundo, de acordo com a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). Sendo que o Chile e o Peru são outros dois países latinoamericanos com grande produção.

No Brasil, o maior produtor de abacate é o estado de São Paulo, segundo a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do governo estadual. Porém, o consumo no país ainda não é tão grande quanto em seus países vizinhos. De acordo com dados do Ibge (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apenas 1,9 kg/ano de abacate é consumido por cada brasileiro. 

Porém, esse cenário deveria mudar se a população focar na saúde. Isso porque há diversos benefícios com o consumo diário de abacate. Veja, a seguir, algumas conclusões científicas.

O consumo diário de abacate pode levar ao aumento da elasticidade e da firmeza da pele facial em mulheres saudáveis, segundo estudos. Na foto, uma plantação de abacate em Rancho Guejito, perto de San Diego, na Califórnia, Estados Unidos.

Foto de LANCE CHEUNG USDA, DOMINIO PÚBLICO

Comer abacate está associado a uma alimentação mais saudável

consumo regular de abacate está associado a uma alimentação mais saudável, segundo pesquisa publicada recentemente na revista científica Current Developments in Nutrition. Os pesquisadores dividiram mais de mil participantes com mais de 25 anos de idade em dois grupos. 

Alguns foram alimentados como de costume e outros receberam uma dieta com um abacate por dia. Após 26 semanas de estudo, os especialistas concluíram que o grupo da dieta suplementada com abacate teve um aumento maior no Índice de Alimentação Saudável dos Estados Unidos. 

"Em nosso estudo, classificamos o abacate como um vegetal e observamos um aumento no consumo de vegetais atribuído à ingestão de abacate, mas os participantes também usaram o abacate para substituir algumas opções menos saudáveis (como produtos mais ricos em grãos refinados e sódio)", explicou Kristina Petersen, PhD em nutrição e principal autora do estudo em um artigo publicado pela Pennsylvania State University.

O impacto dessa mudança pode levar a melhorias substanciais na saúde, pois, como Petersen explicou no texto da universidade, ajuda a reduzir o risco de desenvolver doenças crônicas (como doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e doenças renais) e prolongar a expectativa de vida.

Ainda são necessárias mais pesquisas para determinar quais outras estratégias baseadas em alimentos podem ser usadas para melhorar a adesão das pessoas às diretrizes dietéticas, disse ela.

mais populares

    veja mais

    O México é o maior produtor de abacate do mundo. E ele pode ser consumido de diferentes formas, inclusive como na foto: em fatias decorando um prato de "huevos rancheros", prato típico mexicano - aqui, em um restaurante no Barrio Viejo, em Tucson, no Arizona, Estados Unidos.

    Foto de DAN WESTERGREN

    O consumo diário de abacate aumenta a elasticidade e a firmeza da pele

    Por outro lado, um grupo de pesquisadores realizou um estudo piloto com 39 mulheres com idades entre 27 e 73 anos para avaliar se o consumo de um abacate diário poderia reduzir o envelhecimento da pele em mulheres saudáveis. Durante oito semanas, algumas das participantes consumiram um abacate por dia, enquanto outras continuaram com sua dieta habitual.

    (Veja também: O que seu rosto diz sobre sua idade? Esta IA adivinha só de olhar para você)

    Os resultados da pesquisa, que foram publicados em 2022 na revista Cosmetic Dermatology, e sugerem que o consumo diário de abacate pode levar ao aumento da elasticidade e da firmeza da pele facial em mulheres saudáveis. 

    No entanto, não foram observadas alterações na hidratação, pigmentação, sebo e resistência aos raios UVB entre os grupos de abacate e de controle. São necessários mais estudos em outros locais da pele para estabelecer a conexão entre o consumo de abacate e o envelhecimento da pele", diz o artigo.

    mais populares

      veja mais
      loading

      Descubra Nat Geo

      • Animais
      • Meio ambiente
      • História
      • Ciência
      • Viagem
      • Fotografia
      • Espaço
      • Vídeo

      Sobre nós

      Inscrição

      • Assine a newsletter
      • Disney+

      Siga-nos

      Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2024 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados