Gondwana incluía territórios que atualmente correspondem à América do Sul, África, Índia, Austrália e Antártida. A ...

Qual é a origem do termo Gondwana?

O nome dado ao supercontinente que um dia uniu América do Sul, África e Índia tem uma origem ligada a uma certa região do planeta.

Gondwana incluía territórios que atualmente correspondem à América do Sul, África, Índia, Austrália e Antártida. A imagem acima mostra o ponto mais baixo do distrito de Southern Cape, na África do Sul - a fotografia tirada desde o ônibus espacial Endeavour na órbita da Terra.

Foto de NASA
Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 8 de jul. de 2024, 16:00 BRT

O chamado supercontinente Gondwana existiu em um passado longínquo da Terra e incluiu territórios que hoje equivalem a América do SulÁfricaÍndia (na Ásia), além de Austrália Antártica, como explica a Encyclopaedia Britannica (uma plataforma de conhecimento geral do Reino Unido).

Foi a partir de quando o Gondwana colidiu com a América do Norte, a Europa e a Sibéria que se formou a Pangéia, uma massa de terra que existiu há cerca de 300 milhões de anos, no Período Cambriano, detalha a plataforma online.

(Sobre História, leia também: Qual é a origem das Olimpíadas? O maior evento esportivo do mundo)

Como surgiu o termo Gondwana


designação Gondwana foi proposta pelo geólogo austríaco Eduard Suess (1831-1914) e se baseou nas formações geológicas dos períodos Paleozóico Superior (cerca de 359-252 milhões de anos atrás) e Mesozóico (252-66 milhões de anos atrás), todas encontradas na região de Gondwana, na Índia central. 

Essas formações apresentaram semelhanças com outras da mesma época nos continentes do Hemisfério Sul, ajudando a consolidar a ideia de que esses territórios já estiveram ligados.

"As formas sobrepostas das costas do oeste da África e do leste da América do Sul foram observadas pela primeira vez pelo cientista e filósofo inglês Francis Bacon, em 1620, quando os mapas começaram a ficar disponíveis", explica a Britannica.

Mais tarde, o conceito de Gondwana foi ampliado por Alexander Logie Du Toit (1878-1948), um geólogo sul-africano, em seu livro “Our Wandering Continents” (“Nossos Continentes Errantes”, em tradução livre), de 1937. 

"Du Toit documentou cuidadosamente as numerosas linhas de evidências geológicas e paleontológicas que ligam os continentes do sul", comenta a enciclopédia. Um desses indícios foi a presença de flora e fauna semelhantes, diferentes das encontradas no Hemisfério Norte.

Pesquisadores posteriores fizeram suas contribuições como, por exemplo, o meteorologista alemão Alfred Wegener, que em 1912 expôs a ideia de que todos os continentes do sul já teriam sido unidos no passado. "Wegener imaginou uma grande massa de terra, a Pangéia, e Gondwana era a metade sul deste supercontinente.

mais populares

    veja mais
    loading

    Descubra Nat Geo

    • Animais
    • Meio ambiente
    • História
    • Ciência
    • Viagem
    • Fotografia
    • Espaço
    • Vídeo

    Sobre nós

    Inscrição

    • Assine a newsletter
    • Disney+

    Siga-nos

    Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2024 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados