Benefícios da atividade física para a saúde

O exercício é uma boa maneira de tirar sua mente de suas tarefas diárias. Também é bom para o organismo.

Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 20 de jan. de 2023 11:24 BRT
Pessoas andam de bicicleta em frente à Paróquia Santa Bárbara, em Bogotá Colômbia.

Pessoas andam de bicicleta em frente à Paróquia Santa Bárbara, em Bogotá Colômbia. 

Foto de JUAN C COBO

atividade física consiste em qualquer movimento corporal produzido por músculos esqueléticos e que gere consumo de energia, define a Organização Mundial da Saúde (OMS). 

Entre as atividades físicas mais populares, a organização de saúde menciona: andar de bicicleta, praticar esportes e participar de atividades recreativas e jogos. "Tudo isso pode ser feito em qualquer nível de habilidade e pode ser desfrutado por todos".

A OMS também salienta que qualquer atividade física é melhor do que a inatividade. Mas como isso beneficia a saúde das pessoas?

(Veja mais: 7 hábitos saudáveis para cuidar do corpo)

Benefícios da atividade física para crianças e adolescentes

De acordo com a OMS, o exercício entre crianças e adolescentes contribui para a melhoria da: 

  • Aptidão física (cardiorespiratória e muscular);
  • Saúde cardiometabólica (pressão arterial, níveis alterados de lipídios no sangue, hiperglicemia e resistência à insulina);
  • Saúde óssea;
  • Resultados cognitivos (desempenho acadêmico e função executiva);
  • Saúde mental (redução dos sintomas depressivos e ansiedade);
  • Redução e controle da gordura corporal.

A natação exercita vários músculos do corpo e trabalha a respiração.

Foto de Paul Nicklen

Como o exercício melhora a saúde dos adultos

A OMS também sugere que adultos e idosos que se dedicam à atividade física se beneficiam com:

  • Redução da taxa de mortalidade por todas as causas;
  • Redução da taxa de mortalidade por doenças cardiovasculares;
  • Prevenção de incidentes de hipertensão;
  • Prevenção de cânceres em órgãos como bexiga, mama, cólon, endométrio, adenocarcinoma de esôfago, câncer gástrico e renal);
  • Prevenção de diabetes tipo 2; 
  • Prevenção de quedas;
  • Assistência à saúde mental (redução dos sintomas de ansiedade e depressão);
  • Melhora da saúde cognitiva;
  • Melhora do sono;
  • Controle e redução da gordura corporal.

Contribuições da atividade física para mulheres grávidas 

Além disso, a OMS observa que, durante a gravidez e o puerpério, a atividade física confere à saúde materna e fetal um risco reduzido de:

  • Pré-eclâmpsia (uma desordem hipertensiva);
  • Hipertensão gestacional;
  • Diabetes gestacional;
  • Excessivo ganho de peso durante a gravidez;
  • Complicações do parto;
  • Depressão pós-parto;
  • Complicações do recém-nascido.
Continuar a Ler

Você também pode se interessar

Ciência
Conheça como o açúcar e a gordura afetam o nosso cérebro
Ciência
O que causa o soluço
Ciência
Três atividades para acalmar os sintomas da depressão
Ciência
Quatro dicas para evitar a retenção de líquidos
Ciência
Covid-19: qual variante da Ômicron é a mais contagiosa até agora?

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados