Qual a diferença entre dengue e chikungunya?

As duas doenças são predominantes em regiões de clima tropical, transmitidas por mosquitos e causam sintomas semelhantes. Saiba como diferenciá-las.

Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 14 de abr. de 2023, 10:06 BRT
O mosquito Aedes aegypti.

O mosquito Aedes aegypti.

Foto de David Liittschwager

dengue e a chikungunya são duas doenças virais que carregam diversas semelhanças. Por exemplo, as duas enfermidades são transmitidas por mosquitos do gênero Aedes e apresentam sintomas muito parecidos, o que pode dificultar o diagnóstico. No entanto, existem importantes diferenças que podem ajudar a identificá-las.

Dengue e chikungunya: doenças virais transmitidas por mosquitos

A principal semelhança entre as doenças é que tanto o vírus da dengue quanto o da chikungunya, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), são transmitidos por mosquitos. Especificamente as fêmeas da espécie Aedes aegypti e, em menor proporção, da Aedes albopictus. Nas Américas, o principal vetor das doenças é o Aedes aegypti.

Dengue x chikungunya: sintomas

A dengue, uma doença endêmica em muitos países tropicais e subtropicais, causa sintomas como febre alta, dor de cabeça, dor nas articulações e músculos, erupções cutâneas, náusea e vômito, de acordo com a OMS. Em casos graves, a doença pode levar à hemorragia e ao choque, o que pode ser fatal. 

Também segundo o órgão de saúde global, existem quatro sorotipos de vírus da dengue, e a recuperação da infecção fornece imunidade vitalícia contra o sorotipo adquirido. Entretanto, a imunidade cruzada (proteção imune contra um invasor semelhante ao que causou a infecção) para os outros sorotipos é apenas parcial e temporária. Com isso, infecções seguidas aumentam o risco do desenvolvimento de dengue grave.

Por outro lado, a chikungunya, uma doença menos comum do que a dengue, inclui sintomas como febre acima de 38,5 graus e de início repentino, dores intensas nas articulações de pés e mãos, segundo informações do Ministério da Saúde. Além desses, a doença também pode desencadear dor de cabeça, dores nos músculos e manchas vermelhas na pele. Cerca de 30% dos casos não chegam a desenvolver sintomas. 

Principal diferenças entre a dengue e a chikungunya

Segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), mesmo com sintomas semelhantes, a principal diferença entre as doenças é que as dores da chikungunya se concentram nas articulações. Enquanto a dengue causa dores predominantemente musculares. 

Além disso, alguns sintomas da chikungunya duram em torno de duas semanas, contudo, as dores articulares podem permanecer por vários meses. 

Mas as diferenças param por aí. Por enquanto, o tratamento dessas doenças é praticamente o mesmo, diz a Fiocruz, uma vez que não existem medicamentos específicos para elas. Segundo a fundação, recomenda-se que o paciente, nos dois casos, permaneça em repouso e beba bastante líquido. 

Também segundo a Fiocruz, a melhor forma de diagnóstico da doença é por meio de exames de sangue, que ajudam muito na diferenciação dos quadros clínicos, uma vez que a queda nas plaquetas e a leucopenia (contagem de leucócitos muito abaixo do normal) são mais significativas na dengue. 

loading

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2024 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados