Como se proteger do sol? Veja 5 pontos-chave para barrar os raios solares no verão

Além de evitar a exposição ao sol no meio do dia, há outras ações simples que podem fazer toda a diferença para barrar os raios solares.

Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 4 de jan. de 2024, 10:21 BRT
Os passageiros do transporte público esperam em um ponto de ônibus no calor sem sombra adequada.

Os passageiros do transporte público esperam em um ponto de ônibus no calor sem sombra adequada.

Foto de Elliot Ross

Deitar-se na areia quente à beira-mar pode ser muito relaxante, assim como uma tarde na piscina sob o céu azul. Mas é melhor aproveitar essas atitudes típicas do verão com cautela, pois a exposição prolongada ao sol pode ser prejudicial à sua saúde. 

Por isso, é importante saber se proteger do excesso de raios ultravioletas, respeitando principalmente os horários em que ele é mais incidente durante o dia. 

Afinal, o sol é ou não bom para sua saúde?

Como a Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta, as pessoas precisam de pequenas quantidades de radiação ultravioleta do sol para produzir vitamina D. Entretanto, a agência ressalta que a exposição excessiva tem consequências negativas para a saúde.

Danos ao DNAqueimaduras solares, reações fototóxicas e fotoalérgicas e imunossupressão, que podem ser consideradas um fator de risco para o câncer e levar à reativação de vírus (como por exemplo o da herpes labial) são alguns dos efeitos colaterais no organismo ao se passar muito tempo exposto ao sol

Além disso, os raios ultravioleta podem causar danos agudos aos olhos, como fotoceratite e foto-conjuntivite (ou seja, inflamação da córnea e da conjuntiva, respectivamente), além de problemas crônicos, como a catarata (doença ocular em que o cristalino do olho se torna cada vez mais opaco, levando à diminuição da visão), entre outros.

Ficar na sombra, seja embaixo de uma árvore ou de um guarda-chuva, pode ajudar a evitar danos causados pelo sol.

Foto de Robert Ormerod

Como se proteger do sol

Há algumas medidas que devem ser levadas em conta quando ficar ao ar livre e se expor à radiação ultravioleta. Nesse sentido, a OMS, assim como outras organizações de saúde, recomenda algumas medidas gerais, como as seguintes:

1. Prefira ficar na sombra

Ficar na sombra, seja embaixo de um guarda-sol, de uma árvore ou de outro abrigo, pode reduzir o risco de danos causados pelo sol e de câncer de pele, afirma o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos.

É importante observar que o protetor solar ou as roupas de proteção devem ser usados ao ar livre, mesmo quando na sombra.

2. Use roupas apropriadas para o sol

Quando possível, use camisas de mangas compridas e calças e saias compridas que ajudam a proteger contra os raios UV, sugere o CDC. Roupas de tecido ajustado oferecem a melhor proteção. 

Além disso, a agência dos EUA ressalta que uma camiseta molhada oferece muito menos proteção contra os raios UV do que uma seca. Vale ressaltar também que as cores mais escuras podem oferecer uma maior barreira ao sol do que as mais claras. 

Também existem peças de vestuário certificadas por padrões internacionais para oferecer proteção UV.

3. Use um chapéu de abas largas

Usar um chapéu de abas largas que proteja o rosto, as orelhas e a parte de trás do pescoço pode fazer toda a diferença. Assim como acontece com as roupas, é melhor usar um chapéu escuro e de aba larga, pois ele oferece maior proteção, diz o CDC.

Ainda que esteja usando um chapéu, é melhor adicionar proteção extra para as orelhas e à nuca, seja com roupas ou com protetor solar.

4. Use óculos de sol adequado

Os óculos de sol protegem os olhos dos raios UV e reduzem o risco de catarata. Eles também protegem a pele delicada ao redor, nesta região, que fica muito exposta ao sol.

Embora existam muitos tipos, os óculos de sol que se ajustam ao rosto são os melhores, diz a OMS, pois garantem 99-100% de proteção contra os raios ultravioleta A e B.

5. Aplique protetor solar

A aplicação de protetor solar de amplo espectro nas áreas da pele que não podem ser cobertas por roupas é outra dica importante a ser lembrada. O produto deve ser reaplicado a cada duas horas quando exposto ao sol e depois de nadarsuar ou secar a pele molhada com a toalha, diz o CDC.

Como orientação, o Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido diz que os adultos devem aplicar uma medida que equivale a 6 a 8 colheres de chá de protetor solar para cobrir todo o corpo. A fonte de saúde acrescenta que a data de validade do produto deve ser levada em conta.

Os protetores solares não devem ser usados para exposição prolongada ao sol, diz a OMS. A esse ponto, a organização global de saúde acrescenta que deve-se evitar o sol durante o meio-dia e evitar o uso de aparelhos de bronzeamento artificial, pois eles aumentam o risco de câncer de pele.

loading

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2024 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados