O que é a reencarnação, conceito presente em tantas religiões?

Em algumas crenças, humanos podem reencarnar até mesmo como animais.

Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 8 de set. de 2023, 12:00 BRT
Vista dos Monumentos de Khajuraho, um grupo de templos hindus, budistas e jainistas localizado em Madhya ...

Vista dos Monumentos de Khajuraho, um grupo de templos hindus, budistas e jainistas localizado em Madhya Pradesh, na Índia. Estas religiões estão entre as que contém a reencarnação em suas crenças.

Foto de SHUTTERSTOCK

Ao longo da história, a religião tem ocupado um papel fundamental na vida de diferentes civilizações e povos. Por mais que haja diferentes doutrinas, alguns elementos são comuns a muitos grupos.

Entre eles, estão a  em uma entidade superior, a realização de rituais sagrados e, em alguns casos, a crença na reencarnação.

Qual o conceito de reencarnação?

Primeiramente, é necessário entender que conceitos mudam dependendo da religião, cultura e período histórico.

De uma forma geral, a Encyclopædia Britannica (plataforma de dados voltada para a educação) define a reencarnação como “renascimento de um indivíduo após a morte corporal – seja a consciência, a mente, a alma ou alguma outra entidade – em uma ou mais existências sucessivas”. 

O conceito pode ser encontrado em crenças diversas como o hinduísmo, o budismo, o jainismo (religião originária da Índia), além do espiritismo presente no Brasil  – para citar alguns exemplos. Não há, no entanto, fontes oficiais com a quantidade exata de religiões ou doutrinas que incorporaram a reencarnação às suas crenças.

Humanos podem reencarnar como animais em certas crenças

Ao contrário do que muitos podem pensar, nem sempre a reencarnação é vista como algo exclusivo dos humanos. A Britannica informa que, dependendo da tradição, acredita-se que animais e até mesmo vegetais podem reencarnar (não necessariamente na mesma espécie).

Um exemplo citado pela publicação é o povo venda, um grupo étnico que vive, majoritariamente, em um território na fronteira entre África do Sul e Zimbábue

Eles acreditam que “quando uma pessoa morre, a alma permanece perto do túmulo por um curto período e, depois, procura um novo local de descanso ou outro corpo – humano, mamífero ou réptil”.

loading

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2024 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados