Acima, uma apresentação de quadrilha - dança típica que faz parte das tradições das Festas Juninas ...

Por que se comemora o São João no Brasil?

Durante todo o mês de junho, o Brasil celebra os santos juninos. Só que São João se tornou especial nessas festas, principalmente nos arraiás da região Nordeste.

Acima, uma apresentação de quadrilha - dança típica que faz parte das tradições das Festas Juninas no Brasil.

Foto de Marcello Casal Jr Agência Brasil
Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 20 de jun. de 2024, 15:00 BRT

São João, São JoãoAcende a fogueira no meu coração…” A tradicional música junina “O Balão Vai Subindo” (cuja gravação original é de 1935, na voz de Carmen Miranda), sempre que é tocada anuncia como a festa de São João vai animar a noite do dia 24 de junho – sendo esta a mais famosa data entre as festas juninas no Brasil

As festas em comemoração aos santos juninos (Santo Antônio, São João e São Pedro) têm origens europeias, mas ganharam características próprias no Brasil por conta da mistura cultural que agregou elementos indígenas e africanos às celebrações por aqui. 

Porém, o que leva o São João a ter um destaque especial – particularmente no Nordeste – está ligado à relação do país com a Europa desde o período colonial. Descubra, a seguir, por que o São João é o santo mais celebrado nas festas juninas

Trio de músicos de uma banda de forró se apresentando em uma festa de São João na Bahia.

Foto de Joá Souza Governo do Estado da Bahia

A origem das festas de São João


No Nordeste, e em outras regiões do Brasil, é muito comum ter festas específicas referindo-se ao santo, como acontece no São João de Caruaru (em Pernambuco), na Festa de São de Campina Grande (na Paraíba) e no São João da Bahia (na cidade de Salvador). Mas como e por que São João Batista se tornou tão popular para ser celebrado de forma especial? 

De acordo com um artigo da Universidade Federal do Ceará (UFC), intitulado “Festas de São João: das Origens à Atualidade”, a influência e origem dessa força das festas de São João vêm de Portugal e de suas festas sanjoaninas” – que já eram celebradas antes dos portugueses chegarem em terras brasileiras. 

As festas em junho tem uma raiz nas antigas celebrações pagãs europeias, justamente porque nesse mês acontece o solstício de verão no Hemisfério Norte (e o solstício de inverno no Sul), data na qual os povos celebravam a chegada do calor a fim de obter bons resultados nas colheitas, como explica o artigo da UFC. 

Quando o cristinismo, particularmente a Igreja Católica Romana, se estabelece na Europa, a festividade pagã de junho acaba incorporada ao calendário religioso, só que passando a celebrar os santos católicos nascidos neste mês ao mesmo tempo em que mantinha alguns rituais antigos, como o uso da fogueira

São João Batista é um santo com destaque na tradição católica por ser considerado o “precursor de Jesus”, como afirma o site da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). De acordo com o catolicismo, ele era um pregador nascido em 24 de junho, na Judeia (onde hoje é Israel), e profetizou às pessoas que o Messias estava chegando”. Anos depois, foi João quem batizou Jesus Cristo nas águas do rio Jordão. 

Como nos séculos 15 e 16 Portugal era um país extremamente religioso, com grande presença da Igreja Católica – muito forte como instituição de estado nessa época – as festas sanjoaninas” eram bastante populares no país, sendo também uma forma de reforçar a importância do profeta que se tornou santo na religião, segundo explica o artigo da UFC. 

mais populares

    veja mais

    O São João de Caruaru, em Pernambuco, é uma das maiores festas juninas do país e recebe anualmente milhares de pessoas.

    Foto de Elvis Edson Prefeitura de Caruaru

    Como são as festas de São João no Brasil

    Tal como as demais festas pagãs, que adquiriram um sentido religioso, as festas juninas já absorvidas pela Igreja Católica portuguesa chegaram ao Brasil no período colonial. Durante o período da Colônia, a região Nordeste era o coração novo território dominado pelos portugueses, pois era onde estavam as capitanias mais produtivas e a sede do governo. 

    Foi justamente no Nordeste que essas festas juninas se estabeleceram inicialmente, no século 16, de acordo com o texto da universidade cearense. Mas a celebração de São João também ganhou força em terras brasileiras por São João Batista ser um santo cujo apelo é o de trazerboas notícias – já que profetizou a vinda de Jesus. 

    Ao longo do tempo, a tradição de comemorar o São João foi crescendo e se espalhou por todo o país, misturando elementos rurais (como das festas pagãs com fogueiras e alimentos da terra, como o milho), as danças europeias (como a quadrilha, que tem origem francesa) e influências indígenas e africanas, segundo informa um artigo publicado no site da Universidade de São Paulo (USP) intitulado “Festas juninas: origem e celebração”.

     Até o batismo, algo muito ligado à São João, é lembrado no banho realizado na festa de sincretismo religioso do Arraial do Banho de São João de Corumbá e Ladário, no Mato Grosso do Sul. Atualmente, algumas festas de São João se tornaram eventos enormes que se arrastam por todo o mês de junho com shows de cantores famososcompetições de quadrilhas, e claro, muita comida típica.

    mais populares

      veja mais
      loading

      Descubra Nat Geo

      • Animais
      • Meio ambiente
      • História
      • Ciência
      • Viagem
      • Fotografia
      • Espaço
      • Vídeo

      Sobre nós

      Inscrição

      • Assine a newsletter
      • Disney+

      Siga-nos

      Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2024 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados