O que significa o yin-yang

Embora sua origem seja desconhecida, rege todas as áreas da cultura chinesa.

Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 6 de dez. de 2022 15:36 BRT
Duas crianças coreanas sentam-se sob o antigo símbolo yin-yang. Seul, Coreia do Sul.

Duas crianças coreanas sentam-se sob o antigo símbolo yin-yang. Seul, Coreia do Sul.

Foto de H. Edward Kim

A dicotomia yin-yang é uma noção fundamental no pensamento filosófico chinês, sendo um princípio de classificação e ordenação do universo. Portanto, é um elemento-chave para entender a língua, a cultura e o pensamento desse país, indica o capítulo A dicotomia yin-yang na língua e cultura chinesas, do livro Transculturalidade, linguagem e integração (em tradução livre, livro não disponível no Brasil), publicado em 2012.

O escrito também possui uma definição da Grande Enciclopédia Larousse (à venda no Brasil): “Yin-yang é um conceito baseado na dualidade de tudo o que existe no universo, de acordo com o taoísmo, filosofia em que ele é gerado. Trata-se de duas forças opostas e complementares fundamentais encontradas em todas as coisas.

Esse conceito foi desenvolvido depois que os chineses observaram fenômenos naturais e os classificaram em categorias opostas e complementares: céu-terra, Sol-Lua, dia-noite, calor-frio, homem-mulher ou cima-baixo.

Segundo a Larousse, “o yin é o princípio feminino, a terra, a escuridão, a passividade e a absorção. O yang é o princípio masculino, o céu, a luz, a atividade e a penetração”.

Qual é a origem do yin-yang

De acordo com a enciclopédia, a origem exata da teoria do yin-yang é desconhecida. No entanto, sabe-se que ele influenciou quase todos os aspectos da cultura ao longo da história. Assim, a religião, a filosofia, a medicina e até a caligrafia chinesas foram influenciadas por essa noção.

(Você pode estar interessado em: Qual é a origem do origami)

Qual é o símbolo do yin-yang

O conceito de yin-yang é geralmente representado graficamente pelo diagrama tài jí tú (o desenho da supremacia máxima). Neste diagrama, a parte preta representa o yin e a parte branca representa o yang. Ambas são separadas por uma linha sinuosa, que representa o equilíbrio dinâmico entre os dois pólos opostos e a transformação contínua entre eles.

Por sua vez, na parte yin existe um ponto branco, que representa o yang, e na parte yang pode-se ver um ponto preto, que representa o yin. Isso indica que yin e yang fazem parte um do outro – os dois são inseparáveis ​​e dependentes.

Continuar a Ler

Você também pode se interessar

História
Qual a origem do origami?
História
O que é o bullying?
História
Dia Mundial do Saneamento: qual é a sua importância
História
O que é canibalismo?
História
O que aconteceu depois da queda do Muro de Berlim

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados