Experiência interativa com chatbot simula um futuro sem a Amazônia

O projeto Amazônia em Chamas coloca o usuário em uma missão para reverter um futuro distópico, resultado das mudanças climáticas.

Publicado 27 de set. de 2021 12:49 BRT
Em 2030, fumaça de incêndios florestais na Amazônia encobriram todo o globo, e para respirar ao ...

Em 2030, fumaça de incêndios florestais na Amazônia encobriram todo o globo, e para respirar ao ar livre é preciso usar máscaras de oxigênio. Na ferramenta Amazônia em Chamas o usuário conversa com Jazmin Mendes, uma refugiada climática que tenta reverter um futuro catastrófico.

Foto de Amazônia em Chamas/National Geographic Society

Na ferramenta Amazônia em Chamas, a jovem refugiada climática Jazmin Mendes, uma brasileira, tenta conscientizar o usuário sobre um futuro catastrófico que só pode ser evitado com a conservação da floresta e a reversão das emissões de gases estufa.

Foto de Divulgação/Amazônia em Chamas

No último 5 de setembro, no dia internacional da Amazônia,  Talk2U lançou Amazônia em Chamas, uma experiência interativa por chat guiada por inteligência artificial que busca conscientizar jovens de todo o mundo sobre a crise climática e ecológica, oferecendo, através de um storytelling diferente, informações que os ajudem a tomar ações concretas para enfrentar esse problema.

A Talk2U é um empreendimento social de impacto triplo, especializado na fusão de metodologias educativas e novas tecnologias com o objetivo de facilitar processos de aprendizagem e conscientização relacionados a temáticas sociais, ambientais, de gênero e de saúde mental.

Para isso, a Talk2U desenvolve intervenções digitais e cria histórias interativas por chat que combinam inteligência artificial, ciência comportamental, narrativas disruptivas e evidências científicas.

Experiência inovadora

Amazônia em Chamas surgiu a partir de uma bolsa de storytelling que a National Geographic Society concedeu ao explorador Nicolás Ferrario, roteirista e fundador da Talk2U, com o objetivo de criar métodos alternativos de comunicação sobre o clima que possam atingir jovens de todo o mundo.

A experiência pode ser realizada por Whatsapp, Messenger ou Telegram e funciona como um videogame educativo por chat, que busca discutir, de forma lúdica, os efeitos do aquecimento global e os desafios que a Floresta Amazônica enfrenta.

Ao entrar no chat e enviar uma primeira mensagem, inicia-se uma conversa com Jazmin Mendes, uma jovem brasileira que vive no ano 2030 com Gabriel Pardo, um colombiano, e Mariana Morales, peruana – os três são refugiados climáticos. A experiência está situada em um futuro distópico, no qual a fumaça das queimadas florestais na Amazônia encobre todo o continente e impede que os habitantes respirem fora de suas casas sem utilizar máscaras de oxigênio.

Participe da experiência Amazônia em Chamas no WhatsApp

Quem pode nos salvar?

O usuário é o personagem principal dessa história de ficção, que tem como único objetivo evitar que esse futuro se torne realidade. Para isso, ele deve entender os perigos da crise climática e, sobretudo, o que pode fazer para enfrentá-la.

Amazônia em Chamas é uma experiência que tenta transcender os limites da tela para se converter em uma valiosa ferramenta global na luta contra a emergência climática.

De jovens para jovens

Centenas de pessoas trabalharam no desenvolvimento dessa história, entre as quais biólogos, antropólogos, geoengenheiros, juristas, ativistas e representantes das comunidades indígenas da Amazônia.

Por sua vez, o projeto contou como uma rede de milhares de jovens difusores que ajudaram na criação da história, na redação do roteiro, no teste da tecnologia e, principalmente, nas críticas sobre a experiência do usuário. Hoje, esses milhares de jovens lideram a divulgação do projeto.

 

Amazônia em chamas – uma experiência interativa num futuro sem floresta
Ferramenta criada com chatbot coloca o usuário em uma missão para reverter um futuro distópico, resultado das mudanças climáticas.
Continuar a Ler

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2017 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados