O que são ondas gigantes e qual é a praia com as maiores ondas do mundo

Também chamadas de ondas monstruosas, elas chegam a alturas maiores que as de um prédio de dez andares. Trata-se de um fenômeno natural que pode aparecer até em mares aparentemente calmos.

É preciso um especialista para visitar o famoso Pipeline, onde corais irregulares espreitam logo abaixo da superfície. Ilha de Oahu, Havaí.

Foto de Paul Nicklen
Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 26 de jun. de 2023, 14:01 BRT

As ondas gigantes já foram consideradas um mito, nos tempos antigos, devido às possibilidades limitadas de documentar seu aparecimento. Atualmente, no entanto, há registros de ondas que aparecem repentinamente e causam acidentes trágicos. Foi o que aconteceu no Alasca, em 1958: após um deslizamento de terra, uma onda de mais de 30 metros de altura matou cinco pessoas, como informa a Aquae Foundation, instituição dedicada aos cuidados com a água e o meio ambiente, com sede na Espanha.

Ainda assim, há quem considere ondas gigantescas como essas uma oportunidade de demonstrar proezas esportivas. No surfe, explica Aquae, surfar uma onda de altura impressionante é sinônimo de “alcançar o topo do pódio”, quando se trata deste no esporte.

(Relacionado: Piratas e criaturas misteriosas: conheça os segredos do alto mar

O que é uma onda gigante?

A instituição dedicada à conservação das águas explica que as ondas gigantes são movimentos da maré capazes de surgirem espontaneamente em águas – agitadas ou mesmo calmas – e que podem exceder em ao menos duas vezes a altura das ondas menores a seu redor. 

Entre as teorias sobre como as ondas gigantes surgem está a de que ela pode ser a combinação de  energias de duas ondas menores para criar uma maior, como explica a Aquae. 

Essas imponentes massas de energia, também conhecidas como ondas monstruosas, podem atingir uma altura de 20 a 30 metros. Foi uma dessas ondas que acertou o navio oceanográfico britânico Rockall, no ano 2000, quando ele acabou no topo de uma onda de mais de 29 metros de altura, no oeste da Escócia. 

Outro caso relativamente conhecido aconteceu com um navio de pesca chamado Balada Aleutiana, em 2007.  O barco estava nas proximidades do Mar de Bering e foi atingido por uma onda de 18 metros de altura, como foi registrado em seu diário de bordo.

Apesar de seus efeitos devastadores, fenômenos como esses ocorrem com pouca frequência, informa a instituição especializada no tema.

O famoso Pipeline, onde corais dentados se escondem logo abaixo da superfície, Ilha de Oahu, Havaí.

Foto de Paul Nicklen

Surfe em Nazaré: a praia com as maiores ondas do mundo

Uma vila na costa de Portugal, cerca de 100 quilômetros ao norte de Lisboa, foi surpreendida, no ano de 2011, por uma onda de 24 metros de altura. Desde então, a região de Nazaré se tornou uma atração turística para surfistas de todo o mundo, como conta um artigo da National Geographic Espanha, o qual coloca Nazaré como a “capital mundial das ondas gigantes”. 

O fenômeno das ondas monstruosas transformou completamente a vida dos moradores locais em Nazaré, catapultando a cidade para a fama e transformando-a em um local de peregrinação para os amantes do surfe

Mas a cidade portuguesa também possui uma característica geográfica interessante que favorece o surgimento de ondas gigantes: ela fica a 5 mil metros abaixo do mar. De acordo com a National Geographic Espanha, o Canyon de Nazaré é um vale submarino que se estende por 230 km da costa da Praia do Norte e, graças ao seu formato de funil, acaba recebendo ondas enormes que atingem alturas de até 30 metros. Um verdadeiro desafio para os surfistas radicais. 

(Talvez você se interesse por: O que é plogging? Como se juntar à essa tendência na próxima vez que sair de férias)

O recorde mundial do Guinness para a maior onda já surfada

O surfe na costa de Nazaré entrou para o livro Guinness dos Recordes pelo menos duas vezes na mesma categoria: 

Na categoria feminina, o recorde mundial do Guinness para a maior onda surfada no mundo foi conquistado pela surfista brasileira Maya Gabeira em 11 de fevereiro de 2020 na praia da famosa região portuguesa. 

Ela surfou uma onda monstruosa de 22,4 metros de altura, quebrando seu próprio recorde anterior (que era de 20,7 metros) e se tornando a primeira mulher a surfar uma das ondas mais altas da história entre as mulheres. 

Já em 29 de outubro de 2020, o  alemão Sebastian Steudtner surfou a maior onda do mundo e ela foi registrada no Guinness como a maior já surfada na categoria masculina. De acordo com o livro dos recordes, a parede de água atingiu 26,21 metros acima do nível do mar na costa da Praia do Norte, em Nazaré. 

loading

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2024 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados