A primeira visão quase completa da superfície solar.

Quantos eclipses ocorrerão em 2024?

O primeiro eclipse de 2024 será lunar e deve marcar o calendário astronômico já no mês de março.

A primeira visão quase completa da superfície solar.

Foto de WALT FEIMER NASA/STEREO/GSFC CONCEPTUAL IMAGE LAB
Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 21 de dez. de 2023, 09:00 BRT

Faltam apenas alguns dias para que a Terra complete um novo ciclo de translação ao redor do Sol e termine em 2023. No próximo ano, os entusiastas da astronomia poderão desfrutar de novos fenômenos astronômicos, incluindo eclipses solares e lunares. 

Especificamente, um total de dois eclipses lunares e dois eclipses solares serão observados em 2024. Para saber mais sobre esses eventos e quando e onde eles serão vistos, os editores da National Geographic consultaram a NASA. Saiba mais abaixo:

Quando será o primeiro eclipse lunar do ano?

Em 25 de março de 2024, todo o continente americano poderá observar um eclipse lunar penumbral

De acordo com a agência espacial, durante um eclipse lunar total, a Lua inteira fica dentro da parte mais escura da sombra da Terra, conhecida como umbra. Em um eclipse penumbral, no entanto, a Lua passa pela penumbra da Terra, a parte externa e tênue da sombra projetada pelo planeta. A estrela escurece tão levemente que pode ser difícil perceber sua ocultação do Sol.

Onde ver o eclipse solar total de 2024?

Os observatórios norte-americanos da Nasa aguardam o primeiro eclipse solar de 2024, que ocorrerá em 8 de abril. Um eclipse solar total ocorre quando a Lua passa entre o sol e a terra, bloqueando completamente a face da estrela e escurecendo o céu como o nascer ou o pôr-do-sol. 

Com uma duração de 4 minutos, esse eclipse será visível apenas na América do Norte. Ele iniciará sua transição no Oceano Pacífico Sul e passará pelo México, Estados Unidos e Canadá. 

Quando acontece o segundo eclipse lunar de 2024?

O segundo fenômeno lunar do ano ocorrerá em 18 de setembro, de acordo com o cronograma da Nasa. Nessa ocasião, ele será um eclipse parcial: apenas parte do satélite ficará oculta pela sombra da Terra. Nos eclipses parciais, a sombra da Lua parece crescer a partir da perspectiva do observador e depois recuar, sem cobrir todo o espaço. 

De acordo com a agência, o eclipse de 18 de setembro durará pouco mais de uma hora. Nessa ocasião, ele será visível nas Américas, na África e na Europa. 

Em que parte da América do Sul a explosão solar de outubro será vista?

Por fim, ainda há no calendário um eclipse solar anular, que será visível em 2 de outubro de 2024. Ele terá uma duração estimada de 7 minutos e será visível do Chile e da Argentina. Também será parcialmente visível na Bolívia, Paraguai, Uruguai e na Antártida

Um eclipse desse tipo ocorre quando a Lua está alinhada entre o Sol e o ponto mais distante da Terra. Devido a essa separação, o satélite parece menor da perspectiva da Terra e, portanto, não bloqueia a visão total da estrela

Durante o evento de outubro, a Lua será vista como um disco escuro acima de um disco brilhante maior, o Sol. Assim, um "anel de fogo" será visto ao redor do satélite.

Para observá-lo com segurança, é aconselhável usar óculos especializados. Nesse sentido, a agência espacial dos Estados Unidos enfatiza que em nenhuma circunstância se deve olhar diretamente para o Sol, pois isso pode causar danos aos olhos

Acima da lua, o módulo tenta se encontrar com a espaçonave.

Acima da lua, o módulo tenta se encontrar com a espaçonave.

Foto de NASA

Quando acontece o segundo eclipse lunar de 2024?

O segundo fenômeno lunar do ano ocorrerá em 18 de setembro, de acordo com o cronograma da Nasa. Nessa ocasião, ele será um eclipse parcial: apenas parte do satélite ficará oculta pela sombra da Terra. Nos eclipses parciais, a sombra da Lua parece crescer a partir da perspectiva do observador e depois recuar, sem cobrir todo o espaço. 

De acordo com a agência, o eclipse de 18 de setembro durará pouco mais de uma hora. Nessa ocasião, ele será visível nas Américas, na África e na Europa. 

Em que parte da América do Sul a explosão solar de outubro será vista?

Por fim, ainda há no calendário um eclipse solar anular, que será visível em 2 de outubro de 2024. Ele terá uma duração estimada de 7 minutos e será visível do Chile e da Argentina. Também será parcialmente visível na Bolívia, Paraguai, Uruguai e na Antártida

Um eclipse desse tipo ocorre quando a Lua está alinhada entre o Sol e o ponto mais distante da Terra. Devido a essa separação, o satélite parece menor da perspectiva da Terra e, portanto, não bloqueia a visão total da estrela

Durante o evento de outubro, a Lua será vista como um disco escuro acima de um disco brilhante maior, o Sol. Assim, um "anel de fogo" será visto ao redor do satélite.

Para observá-lo com segurança, é aconselhável usar óculos especializados. Nesse sentido, a agência espacial dos Estados Unidos enfatiza que em nenhuma circunstância se deve olhar diretamente para o Sol, pois isso pode causar danos aos olhos

loading

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2024 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados