O que é a poliomielite?

A pólio, doença que não circulava nas Américas desde 1991, está voltando a preocupar órgãos internacionais de saúde. Saiba o que é essa enfermidade, conheça seus sintomas e a maneira de preveni-la.

Uma menina que sofre de poliomielite em Karachi, Paquistão.

Foto de William Daniels
Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 12 de out. de 2022 10:32 BRT

A poliomielite, comumente chamada de pólio, é uma doença causada pelo poliovírus, um vírus que habita o intestino humano. Altamente contagiosa, a doença foi controlada de forma eficaz com o uso de vacinas, sendo declarada como erradicada nas Américas em 1994 pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Quais os sintomas da pólio

A pólio, de acordo com a OMS, afeta principalmente crianças com menos de cinco anos de idade. Entretanto, a maior parte das infecções apresenta sintomas leves, parecidos com outras enfermidades virais, como a gripe. Alguns deles são náusea, vômito, constipação (prisão de ventre), dor abdominal e, raramente, diarréia. 

A preocupação maior com a doença, no entanto, é que ela pode também destruir partes do sistema nervoso, causando paralisia permanente nas pernas ou nos braços. Segundo a Organização, isso ocorre em 1 em cada 200 casos de pólio (1% dos infectados). 

Quando a pólio se desenvolve para uma paralisia, o infectado pode ter sequelas de mobilidade permanentes e insuficiência respiratória. Em alguns casos, aproximadamente de 5% a 10%, a paralisia pode levar à morte quando afeta os músculos respiratórios.

Retrato de homem deficiente cujos pés estão virados para dentro, vítima de poliomielite.

Foto de Matthieu Paley

Como a pólio é transmitida

De acordo com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), instituição brasileira de ciência, tecnologia e pesquisa em saúde ligada ao Ministério da Saúde do Brasil, a alta taxa de contágio da doença se dá pela sua fácil transmissão. 

Uma pessoa pode transmitir o poliovírus  diretamente para a outra através do contato fecal-oral, ou seja, da boca com material contaminado com fezes que contenham o vírus. 

Uma mulher que sofre de poliomielite avançada rasteja entre as casas na aldeia de Meliandou, na Guiné. Acesso aos cuidados de saúde na aldeia inexistente.

Foto de Pete Muller

Como prevenir a poliomielite?

A forma mais eficiente de prevenir a pólio é através da vacinação. A vacina contra a doença pode proteger uma criança por toda a vida, mas é preciso que ela seja administrada diversas vezes, conforme recomendação da OMS. A imunização, segundo a Fiocruz, deve ser iniciada aos 2 meses de vida, com mais duas doses aos 4 e 6 meses, e reforços entre 15 e 18 meses, uma dose extra aos 5 anos de idade. 

O último caso confirmado de poliomielite por poliovírus selvagem (livre circulação do vírus) na região das Américas ocorreu em 1991, no Peru, segundo a OMS. Entretanto, a organização alerta que a ameaça continua.

No Brasil, onde a cobertura vacinal para pólio está abaixo do recomendado desde 2015 de acordo com dados do Ministério da Saúde, foi registrado um novo caso de pólio, em outubro de 2022, em uma criança de três anos. 

O paciente apresentou perda de força nas pernas, febre e dores musculares. Além disso, o poliovírus  foi identificado nas fezes da criança. O caso foi registrado no Pará pela Secretaria de Saúde do Estado e está sendo investigado.

Continuar a Ler

Você também pode se interessar

Ciência
Mesmo casos leves de covid podem encolher o cérebro
Ciência
Como a pandemia de Covid-19 afetou a saúde mental dos brasileiros
Ciência
Varíola dos macacos: o que significa a OMS declarar emergência global
Ciência
Dia Mundial Contra a Hepatite: o que é e por que a data foi criada?
Ciência
Sputnik no Brasil: o que já sabemos sobre os estudos com a vacina russa?

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados