Planeta ou Plástico?

Imagens revelam animais sobrevivendo em um mundo de plástico

De caranguejos usando papéis de embrulho a hienas procurando alimento em montes de lixo, aqui estão algumas das formas como a vida selvagem lida com o problema da poluição plástica. Sexta-feira, 29 Junho

Por Elaina Zachos

Baleias emergindo com sacolas plásticas saindo por seus estômagos. Pássaros construindo ninhos feitos de vidro quebrado e pedaços de plástico. Uma velha sacola encontrada milhares de metros abaixo da superfície do oceano no vale mais profundo do mundo.

O plástico é um material do qual nossa conveniência e nosso cotidiano dependem. Mas, apesar de todas as boas intenções, nosso planeta, nossa natureza e nós mesmos estamos sufocando nele.

Milhares de milhões de quilos de plástico são jogados fora todo ano. Esse detrito chega até a cadeia alimentar, desde micróbios até grandes animais, como baleias, que acabam ingerindo o plástico acreditando que ele é comida. Outros animais, como caranguejos e pássaros, usam esse tipo de material para construir casas, já que ele está sempre disponível no ambiente. Já espécies como focas e tartarugas frequentemente ficam enroscadas nas chamadas “redes fantasmas” — redes de pesca descartadas por pescadores.

“Qualquer tipo de aro de plástico que vá para o oceano é realmente má notícia para eles”, diz o veterinário patologista Andrew Brownlow à National Geographic. Mês passado, ele realizou uma necropsia em uma foca e encontrou plástico no estômago do animal.

A poluição plástica acaba prejudicando a nós mesmos. Pequenos pedaços, como microplásticos em forma de pequenas miçangas, são consumidos por animais que nós próprios comemos em nossa dieta normal. Estudos mostraram que algumas ostras e mexilhões possuíam traços de plástico dentro deles.

Embora pareça ser impossível escapar do plástico em nosso dia-a-dia, é relativamente fácil reduzir esse tipo de poluição. Algumas pessoas foram ao extremo de tornar suas vidas virtualmente livres de plástico, mas outras medidas são mais rápidas de se alcançar.

Para começar, parar de utilizar sacolas plásticas, canudos e garrafas são alguns passos simples que você pode tomar para reduzir o gasto desse material. Comprar a granel e evitar itens que sejam embalados em plástico também ajuda, já que quase 40% de plásticos não fibrosos são criados para serem usados apenas uma vez. Reciclar quando possível e não descartá-lo em qualquer lugar também ajuda a reduzir a poluição.