Vulcões em erupção: como se formam e quais tipos existem

Os vulcões podem estar ativos, inativos ou extintos. Veja quando um vulcão entra em erupção e quais são os que geram alertas, atualmente.

A lava flui depois que o vulcão Fagradalsfjall, na Islândia, entrou em erupção pela primeira vez em quase 800 anos. Fagradalsfjall, Islândia.

Foto de Chris Burkard
Por Redação National Geographic Brasil
Publicado 6 de dez. de 2022 12:51 BRT

Os alertas renovados para a erupção de alguns vulcões no continente americano colocaram o tema em discussão. É o caso do Mauna Loa, no Havaí, o maior vulcão ativo do mundo, que entrou em erupção no dia 27 de novembro, após 38 anos de quietude; ou o Villarrica, no Chile, que está em alerta amarelo, conforme determina a Rede Nacional de Vigilância Vulcânica dependente do Serviço Nacional de Geologia e Mineração (Sernageomin).

O que é um vulcão?

Um vulcão é uma abertura na superfície de um planeta ou lua que permite que o material quente alojado em seu interior saia para o exterior, explica a Nasa. Quando esse material consegue sair, causa uma erupção vulcânica.

De acordo com a agência norte-americana, uma erupção pode ser explosiva, ao enviar material para o céu, ou pode ser mais branda, com fluxos suaves de material vulcânico.

As áreas vulcânicas formam montanhas construídas a partir de camadas de rocha, cinzas e outros materiais que se acumulam ao seu redor.

A lava flui para o vale Meralir de uma erupção vulcânica em Reykjanes, na Islândia.

Foto de Chris Burkard

Como se forma um vulcão?

Os vulcões na Terra se formam a partir do magma ascendente. Existem três razões pelas quais o magma pode subir e causar erupções que resultam na formação de um vulcão:

  • Quando pedaços da crosta terrestre (placas tectônicas) lentamente se afastam uns dos outros. Quando isso acontece, o magma sobe para preencher esse espaço e pode formar vulcões submarinos.
  • Quando as placas tectônicas se movem uma em direção à outra, parte da crosta terrestre pode ser forçada para dentro e, por calor e pressão extremos, a crosta derrete e sobe como magma.
  • Quando pontos ou áreas quentes dentro da Terra aquecem o magma, elas o tornam menos denso e, devido a essa mudança, ele sobe. Desta forma, ele vem à superfície da Terra e forma um vulcão.

(Veja também: Turismo de observação de vulcões está em crescimento, mas será muito arriscado?)

Quais tipos de vulcão existem?

Existem três tipos de vulcões, segundo a Nasa:

  • Ativos: São vulcões que entraram em erupção recentemente ou que devem entrar em erupção em um futuro próximo;
  • Inativos: Esses vulcões não entram mais em erupção, mas têm condições de entrar no futuro;
  • Extintos: São vulcões que provavelmente nunca mais entrarão em erupção.

Quais vulcões estão ativos atualmente?

Segundo o Programa de Vulcanismo Global (GVP, na sigla em inglês) do Smithsonian Institution, atualmente existem oito vulcões ativos na América Latina: no Chile, Nevados de Chillán e Villarrica; no México, Popocatépetl; no Equador, Sangay e Reventador; na Guatemala, Fuego e Santa María; e na Antártica, o Erebus.

Continuar a Ler

Você também pode se interessar

Ciência
Conheça os mistérios dos vulcões da Islândia
Meio Ambiente
Um dos vulcões mais perigosos da África, o Monte Nyiragongo entrou em erupção
Meio Ambiente
Vulcão das Ilhas Canárias despertou pela primeira vez em 50 anos
Meio Ambiente
Erupção na Islândia pode marcar o início de décadas de atividade vulcânica
Ciência
Vulcão Mauna Loa, no Havaí, entra em erupção pela primeira vez em 38 anos

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados