Pessoas se divertindo nas ruas de New Orleans, na Louisiana (Estados Unidos), durante o Carnaval, alguns ...

Carnaval x Mardi Gras: qual é a diferença?

Uma festa pode durar dias ou semanas. Já a outra, reúne toda a diversão em um único dia. Conheça melhor as diferenças dessas grandes festividades.

Pessoas se divertindo nas ruas de New Orleans, na Louisiana (Estados Unidos), durante o Carnaval, alguns dias antes do Mardi Gras – em 2010.

Foto de Chris Bickford, Nat Geo Image Collection
Por Will Sutton
Publicado 9 de fev. de 2024, 08:00 BRT

As temporadas de carnaval em Veneza, na Itália, e no Rio de Janeiro, no Brasil, estão entre as mais conhecidas e populares. Há também o Karneval de Colônia, na Alemanha, o Carnaval de Nice, na França, o Carnaval de Oruro, na Bolívia, o Carnaval de Binche, na Bélgica, o Carnaval de Tenerife, na Espanha, nas Ilhas Canárias, e festividades em todo o Caribe, de Cuba a Trinidad e Tobago.

Mas apenas um lugar é conhecido mundialmente pelo Mardi Gras. Trata-se de New Orleans, cidade do estado da Louisiana, nos Estados Unidos, que é a sede da mais longa temporada de folia, que começa com o Carnavaltermina com o famoso Mardi Gras. Só que a diferença entre as comemorações está nos detalhes de cada uma.

"Os carnavais mais importantes do mundo estão em Nova OrleansRio de JaneiroVeneza", diz Errol Laborde, historiador do Carnaval e do Mardi Gras de Nova Orleans. "O Rio é mais um Carnaval do tipo dança e desfile. Veneza é um Carnaval mais visual e de fantasias. O Rio não tem lançamentos como temos em Nova Orleans."

Foliões pegam objetos de um carro alegórico no desfile do Zulu Social Aid and Pleasure Club em ...

Foliões pegam objetos de um carro alegórico no desfile do Zulu Social Aid and Pleasure Club em 2023, durante a celebração do Mardi Gras em Nova Orleans. Também conhecida como Fat Tuesday (Terça-feira gorda), a comemoração marca o fim das festividades antes do início da Quaresma.

Foto de Chandan Khanna, AFP, Getty Images
Paradeiros levantam as mãos para pegar as contas de um carro alegórico no desfile do Zulu Social ...

Paradeiros levantam as mãos para pegar as contas de um carro alegórico no desfile do Zulu Social Aid and Pleasure Club em 2023 durante a celebração do Mardi Gras em Nova Orleans.

Foto de Chandan Khanna, AFP, Getty Images

Embora todos os eventos tenham seu toque especial, no centro das tradições está a celebração da vida, simplesmente se divertindo antes do período de penitência da fé cristã conhecido como Quaresma.

"O Carnaval no Brasil e o Mardi Gras em Nova Orleans são muito diferentes, mas no fundo têm a mesma essência", explicou Andreza Trivillan, uma blogueira de viagens brasileira que visitou o Carnaval da Louisiana, em um e-mail. "Não são lançados acessórios para as multidões. Não há comida ou bebida típica de Carnaval no Brasil, ao contrário do que acontece com o bolo rei em Nova Orleans."

Arthur Hardy, fundador do Arthur Hardy's Mardi Gras Guide, sabe uma ou duas coisas sobre o Carnaval e o Mardi Gras. Ele fica furioso quando as pessoas – mesmo as de Nova Orleans – confundem os dois. "O Carnaval é uma estaçãoMardi Gras é um dia", diz Hardy. O guia brilhante, com tudo o que você quer saber, é publicado há 48 anos com muitos fatos e informações sobre bailesreisrainhas e outras tradições da Louisiana.

A função dos krewes

Em Nova Orleans, há organizações carnavalescas, conhecidas como krewes, que organizam bailes formais, bailes à fantasia, festas, recepções e desfiles. Algumas são super krewes. Outras são de médio porte. Outras ainda são subkrewes. E há as microkrewes. Alguns desfiles incluem carros alegóricos temáticos especialmente construídos. 

Muitos desfiles têm "arremessos", coisas que os pilotos dos carros alegóricos jogam para os participantes do desfile que gostam de coletar tudo o que conseguem pegar, especialmente contas de plástico e itens específicos do desfile. O Krewe of Muses compartilha sapatos femininos de salto alto decorados individualmente. O Krewe of Zulu não faz mais seu lançamento característico para evitar lesões: atualmente, os cavaleiros desse krewe de maioria negra colocam cocos pintados à mão nas mãos dos foliões.

O Carnaval em Nova Orleans e em outros lugares da Louisiana é mais longo do que em outros lugares porque está estritamente ligado ao período da Quaresma. Começa em 6 de janeiroEpifania, o feriado que comemora o dia em que os três reis magos visitaram o bebê Jesus em Belém, oferecendo presentes de ouro, incenso e mirra. As comemorações deste ano terminam com o Mardi Gras em 13 de fevereiro, um dia antes da Quarta-feira de Cinzas, que marca o início da Quaresma, um dia que muda de ano para ano.

Um homem fantasiado toca trompete durante o desfile de St. Anne pelas ruas de Nova Orleans, ...

Um homem fantasiado toca trompete durante o desfile de St. Anne pelas ruas de Nova Orleans, no Mardi Gras.

Foto de Krista Rossow, Nat Geo Image Collection

As empresas, os artistas de rua e os vendedores que contam com o Carnaval para ganhar a vida não gostam de temporadas curtas de Carnaval. Isso significa menos tempo para ganhar dinheiro. As padarias de Nova Orleans fazem deliciosos bolos-rei com e sem recheio, todos cobertos com as cores tradicionais do Mardi Grasroxoverde e dourado

Uma padaria pode assar 500 bolos-reis por dia. Quinhentos bolos por dia durante duas semanas é muito diferente da receita que eles obtêm durante uma temporada de um mês. "Se você quiser culpar alguém por isso, culpe o Papa", diz Hardy com uma risada.

Diversão em um dia só

Como diz Hardy, o Mardi Gras é um único dia. É sempre 47 dias antes da Páscoa, portanto a data do Mardi Gras muda de acordo com o calendário da igreja. O dia anterior é o penúltimo dia do Carnaval, Lundi Gras, ou Segunda-feira GordaMardi Gras é traduzido como Terça-feira Gorda. Alguns o chamam de Terça-feira Gorda. A maioria o chama de a Maior Festa Gratuita da Terra, ou o Maior Show Gratuito da Terra. O Conselho Consultivo do Prefeito para o Mardi Gras planeja uma "temporada de desfiles" oficial, designada por lei como os 12 dias que antecedem o Mardi Gras.

Todos os anos, os participantes dos desfiles aguardam ansiosamente os temas dos desfiles dos krewe. Alguns sempre se concentram na fantasia. "Iris viaja pelo mundo". Alguns têm reis ou rainhas famosos com a presença de atores e cantores conhecidos do cinema e tv norte-americanos.

O desfile da Sociedade Secreta de Santa Ana durante o Mardi Gras em Nova Orleans.

O desfile da Sociedade Secreta de Santa Ana durante o Mardi Gras em Nova Orleans.

Foto de Krista Rossow, Nat Geo Image Collection

Há atividades de carnaval em toda a Louisiana. O Krewe of Hyacinthians desfila em Houma. A região de Baton Rouge tem seu próprio conjunto de desfiles, incluindo o Mardi Paws Dog Parade, o Krewe of Spanish Town e o Krewe of Orion. Os frequentadores dos desfiles de Monroe e West Monroe apreciam o Krew de Riviere Mardi Gras Parade das Cidades Gêmeas e o Krewe of Janus. As pessoas em Lafayette fazem uma homenagem ao Carnaval em outros lugares com o desfile de Mardi Gras do Krewe of Carnivale en Rio e o Krewe of Canailles – traduzido livremente como o Krewe of Scoundrels – destinado a receber as massas, qualquer pessoa e todo mundo.

 Em Nova Orleans, o Carnaval e o Mardi Gras são semanas de diversão. Os residentes e visitantes escolhem o que significa "diversão" para eles. Eles podem ir a lugares onde tudo pode acontecer e tudo pode ser visto. Alguns evitam os desfiles e optam por bailes e festas. Todos sabem que é uma parte importante da cultura local. Também é um grande negócio.

Impacto econômico

Um recente estudo de impacto econômico preparado pela New Orleans and Company, pelo conselho consultivo do prefeito e pela Universidade de Tulane mostra um tremendo impacto na cidade de Nova Orleans e no estado da Louisiana. Há um impacto direto e indireto na cidade de mais de 800 milhões de dólares e um benefício fiscal líquido de 28 milhões dólares. O estado recebe cerca de 14 milhões em impostos.

"Comparado a qualquer outro evento, aqui ou em qualquer outro lugar, não há nenhum outro evento como o Carnival", diz Kelly Schulz, vice-presidente sênior de comunicações e relações públicas da New Orleans & Company. "É irreal o fato de podermos fazer isso todos os anos.  É uma execução magistral... É o melhor e mais complexo evento que temos."

Há um ditado em francês em Nova Orleans que captura a temporada: Laissez les bons temps rouler! – (“Deixe os bons tempos rolarem!”, em tradução livre).

Will Sutton, natural de Nova Orleans, começou a participar dos desfiles de Carnaval e Mardi Gras quando era criança. Ele marchou em vários desfiles com a St. Augustine High School Marching 100. Envie um e-mail para ele em editorwillsutton@gmail.com.

loading

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2024 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados