Veja como funciona a ecolocalização – o sonar inerente da natureza

Desde baleias-brancas, morcegos e até humanos, diversos animais emitem sons que rebatem em objetos e auxiliam em seu deslocamento e na caça.

Fumaça dos incêndios florestais pode prejudicar baleias e golfinhos – veja como

Conforme os incêndios avançam pela costa oeste da América do Norte, os cientistas temem que os mamíferos marinhos sejam prejudicados pela inalação de fumaça, fenômeno ainda não estudado.

Baleias ameaçadas estão assustadoramente magras e preocupam estudiosos

As baleias-francas-do-atlântico-norte estão em pior forma do que suas primas do sul – parte disso se deve ao fato de ficarem presas em equipamentos de pesca.

Em busca de pinguins, expedição encontra show de baleias em Ilhabela

Reportagem acompanhou monitoramento de animais marinhos no litoral de São Paulo depois que um número recorde de pinguins-de-magalhães apareceram mortos ou debilitados em praias brasileiras.

Mares mais calmos devido à pandemia podem reduzir estresse e melhorar saúde das baleias

Cientistas têm a rara chance de estudar um mundo marinho praticamente livre de humanos e suas máquinas barulhentas.

Quanto valem as baleias vivas? No Brasil, 82,5 bilhões de dólares

Pesquisadores brasileiros se juntaram a economistas do FMI e da Universidade de Duke para calcular o valor dos serviços ambientais prestados pelas baleias.

Fotos revelam a exuberância e variedade de baleias pelo mundo

Recentemente, economistas do FMI e pesquisadores da Universidade de Duke calculara, que baleias prestam serviços ambientais no valor de US$ 1 trilhão. Só no Brasil, elas contribuem com US$ 82,5 bilhões. 

Tempestades solares podem atrapalhar a navegação das baleias e fazê-las encalhar

O sol eventualmente libera rajadas de radiação eletromagnética, o que pode desorientar as baleias, segundo novo estudo.

Papagaios ajudam uns aos outros em momentos de dificuldade

O altruísmo não é uma característica exclusivamente humana: morcegos, ratos e agora papagaios podem apresentar esse comportamento.

Por que os animais marinhos comem plástico?

Baleias aparecem com o estômago repleto de plástico no mundo todo. Veja o que sabemos sobre o assunto.
0:30

Perseguição em Alto Mar: Espécies em Risco

Grupo de cientistas, jornalistas e agentes tenta resgatar a baleia mais ameaçada e rara da Terra.

Quanto vale uma baleia?

Os benefícios proporcionados pelas grandes baleias, incluindo a captura de carbono, são argumentos poderosos para protegê-las, segundo economistas.

Mais de 150 baleias fugiram do mar. Por quê?

Elas foram encontradas em uma praia na Austrália e poucas sobreviveram.

Como um leão-marinho foi parar na boca de uma baleia-jubarte

Fotógrafo de vida selvagem registrou o raríssimo momento.

Caçadas por séculos e depois de décadas longe da costa, as jubartes retornam a São Paulo

Borrifos – o costão de onde se via os esguichos – e praia da Armação – onde as jubartes eram processadas – são lembranças de um tempo em que as baleias reinavam em Ilhabela (SP). Este ano, acompanhamos dois projetos que testemunham o retorno delas à ilha.
4:56

As baleias-jubarte da África do Sul estão voltando de forma impressionante.

"A caça comercial de baleias em larga escala deixou as baleias-jubarte à beira da extinção. Mudanças econômicas e esforços conservacionistas deram fim à caça comercial na década de 1970. Quarenta anos depois, pesquisadores analisaram a população de baleais-jubarte e ficaram impressionados pelas constatações: dezenas de milhares de baleias estavam migrando para a costa leste da África do Sul. Essa foi uma história de sucesso que os conservacionistas não esperavam. Este vídeo é um trecho do documentário longa-metragem Our Oceans, uma coprodução entre a WILDOCEANS (um programa da WILDTRUST) e Off the Fence Productions. "

Seis mortes recentes aproximam baleias raras da extinção

Restam apenas cerca de 400 baleias-francas-do-atlântico-norte e elas estão sendo mortas mais rápido do que conseguem se reproduzir.

Como essas aranhas usam bolhas para viver embaixo d’água

Seja por estratégia de caça ou para respirar embaixo d’água, muitos animais desenvolveram usos para bolhas.

Fóssil de baleia-azul de 26 metros é o maior já encontrado

Esse gigante animal marinho viveu há cerca de 1,5 milhão de anos, sugerindo que as baleias-azuis começaram a ganhar mais massa antes do que se pensava.

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeo

Sobre nós

Inscrição

  • Assine a newsletter
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2017 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados